versículo “Ensina a criança no caminho em que deve andar... Proverbios 22:6 a

versículo “Ensina a criança no caminho em que deve andar... Proverbios 22:6 a

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

GRUDE (COLA MAISENA)

Fazer um molho com maisena e água (1 a 2 colheres de sopa para cada xícara de água, mais ou menos). Levar ao fogo até levantar fervura. Tirar do fogo e ajuntar um pouco de lisoforme(opcional).

PAPEL MACHÊ

Picar jornal ou papel higiênico e deixar de molho em água durante 2 a 3 dias até o jornal se desfazer. Espremer a água. Adicionar grude ou farinha de trigo e goma arábica. Esta massa é mais díficil para as crianças pequenas trabalharem.

GRUDE PARA PAPEL MACHÊ

Fazer um molho com farinha de trigo e água (uma colher de sopa para cada xícara de água, mais ou menos). Levar ao fogo até levantar fervura. Tirar do fogo e juntar um pouco de lisoforme (opcional).

MASSA-PÃO PARA MODELAGEM

Misturar numa tigela 4 xícaras de farinha de trigo, 1 xícara de sal, 1 1/2 xícara de água e 1 colher de sopa de óleo de cozinha. Por não exigir fervura, esta massa pode ser preparada pelas próprias crianças. Deve ser conservada fechada em saco plástico. Não dura mais de 2 semanas. Pequenas peças podem ser pintadas e impermeabilizadas com verniz.

TINTAS PARA PINTURA DE DEDO

Misturar e levar ao fogo até ferver e engrossar, mexendo sempre: 1 xícara de água fria e 2 colheres de maisena. Despejar o mingau em tigelas rasas e adicione o corante (tinta guache ou anelina de bolo ou também suco em pó (faça um teste referente ao suco)) .

COLA COMESTÍVEL

Levar ao fogo até ferver: 1/2 xícara de açúcar, 1/2 xícara de farinha de trigo e 2 xícara de água. Depois que engrossar, tirar do fogo e adicionar 30 gotas de óleo de cravo(opcional).Esta cola dura até uma semana quando guardada na geladeira em recipiente fechado. Pode ser aplicada com o dedo.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

MOLDE PARA CONVITES



Visual : plano da salvação















Estudos para Crianças


1. Quem fez o mundo? Gn 1.1-2.3.
2. A mulher que desprezou seu lar por uma maçã: Gn 3.1-6.
3. A viagem do grande barco: Gn 6.14-22; 7.1-24.
4. O garoto que vendeu sua herança e seu futuro por um prato de comida: Gn 25.29-34.
5. O garoto escravo que se tornou primeiro ministro: Gn 37.13-36; 39.20-23; 41.1-44.
6. O choro de um bebê que lhe proporcionou morar no palácio: Êx 2.1-10.
7. O ataque de raiva de Moisés: Nm 20.10-12; Dt 3.23-26.
8. A banda que tomou uma cidade marchando ao redor dela 13 vezes: Js 6.1-20.
9. A busca de Gideão pela vontade de Deus: Jz 6.36-40.
10. O garoto que podia ouvir a voz de Deus: 1 Sm 3.1-21.
11. Davi, o gigante matador: 1 Sm 17.
12. O profeta alimentado pelos pássaros: 1 Rs 17.1-6.
13. A carruagem de fogo: 2 Rs 2.9-11.
14. A corrida pela vida do pequeno garoto: 2 Rs 4.18-36.
15. O machado que flutuou: 2 Rs 6.1-7.
16. A controvérsia sobre comer e beber vencida por quatro jovens que não bebiam: Dn 1.3-15.
17. Três garotos que não se comprometeram: Dn 3.1-30.
18. Três histórias sobre "peixe": Jn 1-2; Lc 5.4-8; Jo 21.4-11.
19. A estrela que levou ao berço do bebê: Mt 2.1-11.
20. Cinco garotas deixadas para fora: Mt 25.1-13.
21. O garoto que fugiu de casa: Lc 15.11-24.
22. O garoto cujo lanche alimentou cinco mil homens: Jo 6.5-13
23. A mentira fatal: At 5.1-10.
24. A canção que abriu as portas da cadeia: At 16.16-28.

JESUS CRISTO


Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.”

Mateus 1:23



Antes de sermos formados na barriga das nossas mães nenhum de nós existia. Mas com Jesus foi diferente. Ele já existia antes de vir nascer aqui na terra. Por que? Porque ele é o Filho de Deus. Ele sempre esteve com Deus antes da existência de todas as coisas. E mais, Ele mesmo é Deus. João, apóstolo de Jesus, diz que Jesus era a Palavra (O Verbo) que veio nascer como gente no nosso meio (João 1:1,2,3,14):

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dEle, e sem Ele nada do que foi feito se fez. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós.”

Viu só? Jesus foi gerado no útero de Maria pelo Espírito Santo para poder nascer como um homem na terra, mas ele também estava no inicio de tudo criando o mundo com Deus Pai e Deus Espírito Santo. Os três: o Pai, o Filho e o Espírito Santo são uma só pessoa e um só Deus. Isso é um milagre muito grande: o milagre da Unidade. Jesus mesmo diz isso (João 10:30):

Eu e o Pai somo um.”

Portanto, você já sabe que quando Jesus nasceu de Maria lá em Belém foi o mesmo que Deus ter vindo viver entre os homens. E Ele nasceu como um pessoa igualzinha a você e eu. Para isso Jesus se ESVAZIOU da sua divindade. É como se o rei de um país tirasse sua roupa de rei, vestisse roupas velhas e fosse morar no meio dos pobres sem ninguém saber que ele era o rei. Jesus foi humilde e não se apegou a sua posição de Deus, mas veio ser homem e ser servo no nosso meio. O apóstolo Paulo escreveu aos irmãos da cidade de Filipos contando como isso aconteceu (Filipenses 2:5-7):

Tende em vós aquele sentimento (humildade) que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens.”

E sabe porque Jesus veio ao mundo? Somente por causa de uma coisa: AMOR. Ele não veio fazer turismo aqui na terra, nem somente dar exemplo de um menino bonzinho. Ele veio para nos salvar do pecado que destrói todos os homens e para colocar seu Reino entre os homens. Ele veio por amor a você e a mim. Ele veio com o firme propósito de fazer a única coisa que poderia nos salvar dos nossos pecados: morrer na cruz levando a nossa culpa. E ele fez isso. Lembre-se do que João diz no seu Evangelho (João 3:16):

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu (para morrer na cruz no nosso lugar) seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”




Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.”

Mateus 1:23



1 Marque (V) quando as afirmações abaixo forem verdadeiras e F quando forem falsas:

( ) Jesus foi um homem como qualquer outro; Ele apenas foi muito bom com as pessoas, nada mais do que isso.

( ) Jesus nasceu como uma pessoa igual a todos nós, mas na verdade ele era o Filho de Deus que sempre existiu.

( ) Jesus estava no princípio de todas as coisas criando o mundo junto com o Pai e o Espírito Santo.

( ) Jesus se esvaziou da sua divindade para vir à terra.

( ) Jesus nasceu para viver como um milionário que todo mundo tinha que tratar bem, para ser servido por todos e para não servir a ninguém.

( ) Jesus veio ao mundo porque queria derrubar o Império Romano e se tornar imperador do mundo todo.

( ) Jesus veio ao mundo porque nos ama e precisava morrer na cruz para levar aos nossos pecados.

( ) Jesus não se importava com a situação do homem e permaneceu no céu vestido da sua divindade.

( ) Jesus não precisava ter vindo ao mundo morrer por nós, pois temos outras maneiras para ser salvos.

( ) Cada um de nós é pecador e precisa do perdão de Deus através de Jesus.


2 Aprendemos que Jesus se esvaziou da sua divindade para vir até nós como homem. Ele não precisava se esvaziar de nada ruim, pois era Deus e não há nada de ruim em Deus. Mas Ele fez isso por amor ao mundo. Mas nós temos muitas coisas ruins para deixar. Marque um (x) nas situações em que demonstramos quando nós também esvaziamos de nós mesmos:

[ ] Quando perdoamos um colega que nos fez algum mal.

[ ] Quando dividimos algo que temos com outra pessoa.

[ ] Quando somos egoístas e queremos tudo para nós mesmos.

[ ] Quando queremos que os outros sempre nos tratem bem e nunca tratamos os outros bem.

[ ] Quando deixamos os outros serem “os primeiros”.

[ ] Quando queremos sempre falar mais alto e mandar nos outros.

[ ] Quando fico alegre quando outra pessoa está feliz e triste quando está triste.


3 CAÇA-PALAVRA – Encontre as palavras em destaque de Filipenses 2:5-7:

Tende em vós aquele SENTIMENTO que houve também em Cristo JESUS, o qual, subsistindo em forma de DEUS, não considerou o ser IGUAL a Deus COISA a que se devia aferrar, mas ESVAZIOU-SE a si mesmo, tomando a forma de SERVO, tornando-se semelhante aos HOMENS”.

S

R
C
O
I
W
S
O
E
A
-

M

C
S
D
H
E
S
E
R
V
O
E
M
O
H
O
T
V
I
N
R
K
C
I
X
I
G
U
A
L
X
T
J
E
S
E
S
S
G
T
U
J
C
I
L
L
Z
M
N
A
A
J
G
L
E
M
E
B
B
O
W
Y
B
T
I
J
D
E
U
S
Y
H
V
R
G
J
R
I
U
N
Q
C
I
O
R
C
T
E
N
S
C
T
T
T
U
M
C
C
C
S
V
B
Y
O
E
Q
O
E
-
R
T
U
C
B
I
G
K
L
U
N
S
F
E
S
V
A
Z
I
O
U
-
S
E


4 Leia com seus pais Filipenses 2:1-18 e peça para eles falarem sobre o texto para você. Depois peça que um deles escreva abaixo uma pequena carta sobre o assunto para você:

Querido ____________:

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Um beijo de seus pais: _______________________________________




FONTE: DESCONHECIDO

domingo, 27 de janeiro de 2013

MÃEZINHA PRESTIMOSA

Texto Bíblico: 1 samuel 1: 1 a 28

A bíblia fala de uma casal: o marido chamava-se Elcana e a esposa Ana.
Ana queria muito um filho e por isso até chorava.
Uma vez, ela foi à igreja com seu marido e o resto dos parentes. Ela estava fazendo a oração e o sacerdote pensou que estivesse bêbada, porque só mexia os lábios e ninguém ouvia a sua voz
Então Ana explicou tudo a Eli, o sacerdote, e ele lhe respondeu: " Vai em paz, e o Deus de Israel te conceda a tua petição"... 1 samuel 1:17
E foi mesmo. Deus sabe tudo, pode tudo e ouviu Ana.
Deu-lhe um filho lindo: Ela pôs o nome na criança de Samuel que quer dizer - tenho pedido ao Senhor.
Ana havia prometido a Deus que se Ele lhe desse um filho, ela o mandaria para o serviço de Deus - ele iria ajudar no culto a Deus.
Ana cumpriu a sua promessa.
Cuido muito bem do nenê: dava-lhe banho, trocava-o e amamentava-o.
Quando desmamou Samuel, levou-o a igreja com alguns presentes: três bezerro, farinha e vinho.
Nesse dia ela contou para o sacerdote Eli o que Deus lhe havia feito.
Ana deixou o menino com Eli, antes de sair fez uma linda oração ao nosso Deus que parece um hino de tão linda
Ana e Elcana moravam noutra cidade Ramá. Ana foi para casa contente
Lá em casa tinha saudades do filho.
Depois dos serviços da casa, todos os dias, trabalhava um pouquinho numa túnica para Samuel.
Ana era prestimosa, sabia costurar, tecer.
Todo ano quando ia ao templo para a grande festa levava uma roupa nova para Samuel.
Ana sabia que todas as crianças crescem e Samuel precisava de outra túnica maior e novinha.
Com certeza Samuel ficava muito contente em abraçar aquela mãezinha amorosa e prestimosa e por ganhar a túnica nova

Verso para decorar: o meu coração exulta ao Senhor (1 Samuel 2:1)





fonte: desconhecido

Não é fácil, mas é direito


Fico triste por causa do meu pecado Salmo 38:18
  • Está bom, eu concordo que eu não devia ter feito isto, disse Gracita. Ela havia estragado o quadro que Deli pintou, e o pai estava obrigando-a a pedir desculpas ao irmão. Mas Gracita não queria mesmo.
  • Mas isto não é pedir desculpas, disse Deli. Você não está arrependida.
  • Eu disse que não devia ter feito, e é só isso que vou dizer, retrucou Gracita.
  • Bem, disse o pai. Deus quer que reconheçamos nossos pecados, mas só dizer: eu errei, não basta. Ele quer também que sintamos pesar, que fiquemos tristes por termos errado.
  • Está bem, estou triste, disse Gracita, com a cara ainda mais amarrada. O que mais quer que eu diga?
Papai sentiu muito ver a filha assim rebelde.
  • Não são só as palavras que valem, ele disse. Certa vez um homem beijou a Jesus, e até isso foi pecado. Você se lembra quem foi?
  • Judas, disse Gracita, ainda com raiva.
  • Foi sim. O beijo de Judas não significava nada, porque ele não amou a Jesus, explicou o pai. Você não vê? O motivo pelo qual você faz qualquer coisa, a razão que a leva a dizer o que diz, faz bastante diferença. Um beijo não é beijo se não é acompanhado de amor.
  • Não é, disse Deli. E pedir desculpas também não vale quando não se está arrependido.
Houve uma pausa, todos em silêncio. Depois Gracita disse: — Desculpe ter estragado o seu quadro, Deli. Sinto muito e vou dar o meu para você então.
Eu não preciso do seu, Gracita. Mas gostei que agora você está sentida de verdade, disse Deli.
Nem sempre é fácil dizer: "Sinto muito. Desculpe-me." E mais difícil ainda é sentir isto. Mas Deus quer que fiquemos arrependidos de qualquer mal que fazemos. Quando ficamos, Ele está pronto a perdoar-nos por amor de Jesus. Só isto deve ser motivo suficiente para que queiramos reconhecer nossos pecados e sentir-nos arrependidos.
Algumas perguntas: Que foi que Gracita tinha feito? O que ela disse? Por que Deli não gostou do que ela disse? Por que o beijo de Judas não foi beijo de verdade? Por que não basta dizer: "Sinto muito?" Quais são os motivos para confessarmos nossos pecados com verdadeiro arrependimento?
A história que a Bíblia conta sobre um moço que se arrependeu e pediu perdão: Lucas 15:11-24.
Vamos conversar com Deus: Ó Senhor, faze-nos prontos a confessar os nossos pecados a Ti e àqueles a quem ofendemos. Acima de tudo, ajuda-nos a sermos arrependidos e perdoa-nos todos estes pecados por amor de Jesus, nosso Salvador que morreu para pagá-los. Amém.

FONTE: HORINHAS COM DEUS II