versículo “Ensina a criança no caminho em que deve andar... Proverbios 22:6 a

versículo “Ensina a criança no caminho em que deve andar... Proverbios 22:6 a

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

estudo biblico para criança sobre o CARNAVAL

Base Bíblica: Gálatas 5:19 ao 22 – Romanos 8: 5-8

Versículo para memorizar: "Portanto, os que estão na carne não podem agradar Deus". Romanos 8:8

Objetivos: Que a criança...
• Conheça a origem pagã do carnaval.
• Discirna as obras da carne e aprenda a rejeitá-las da sua vida.
• Desenvolva um coração puro e desejoso de desenvolver os frutos do Espírito.

Quebra gelo: Corrida de Jornais
A cada participante são fornecidas duas folhas de jornal. Cada passo na corrida deve ser dado em cima dos jornais. Desta maneira, ele põe uma folha no chão, pisa em cima; põe a outra no chão, pisa em cima; pega a primeira que ficou para trás, trazendo-a novamente à frente, e assim sucessivamente até alcançar o alvo. (Percorrer todo o trajeto estipulado).

Ministração: Carnaval

Festas, festas e mais festas...quem é que não gosta de festa? Todos nós gostamos de festa. Na festa nós ficamos alegres....felizes...tem festa de aniversário, de casamento, festa para comemorar ......(vamos lá falem alguma festa)... Há poucos dias atrás comemoramos o nascimento de Jesus, não é mesmo? Foi uma festa no fim do ano, a festa do Natal...
E o que tem nas festas? (deixe as crianças falar)
As festas são algo muito divertido, quem gosta de ir numa festa de aniversário bem linda!!!
Mas existem festas que deixam o nosso Deus triste, é festa que desagrada a Deus., vocês sabem de alguma?
Vocês sabem que festa tem agora nestes dias?
É o carnaval., ela normalmente é comemorada todo ano, saem pelas ruas tocando tambores, cantando, sambando ...tem muitos carros alegóricos, trios elétricos...tem gente bêbada, drogada, tem muita gente nua....e muito dinheiro gasto com tudo isso.
Será que Deus gosta? Quem sabe o que significa a palavra Carnaval? Lembra carne não é mesmo?

Você sabe como surgiu o Carnaval? Foi assim:
Para comemorar a Páscoa (a morte e ressurreição de Jesus, na chamada Semana Santa, pela Igreja Católica), as pessoas deveriam ficar quarenta dias sem comer carne e sem usar bebidas fortes, como se fosse um período de purificação. Então, eles contavam o dia que antecedia a estes 40 dias (chamado de Quaresma), e faziam neste dia uma Grande Festa de despedida do uso de carne e bebidas. Neste dia podiam fazer toda e qualquer extravagância. Diziam que neste dia a Carne Valia. Era o "Carne Vale". Dai a palavra Carnaval.
O Brasil foi o país que melhor interpretou este vale-tudo. E ainda se orgulha muito disso. E é conhecido no mundo todo como o pais do Carnaval, o pais em que se pode fazer tudo da carne.
Na época do Carnaval aqui até o governo e as prefeituras colaboram com somas de dinheiro altíssimas.
Por causa do pecado no coração das pessoas, esta festa foi ficando cada vez mais, uma festa marcada pela carnalidade, pela imoralidade, pela embriaguez, pelo vale tudo. As pessoas vivem uma falsa alegria, precisam de drogas, álcool e música para ficar contentes. Há um vazio nos corações.
A Bíblia fala claramente sobre as obras da carne e as obras do espírito: Gálatas 5.19 "Ora as obras da carne são conhecidas e são: imoralidade sexual, impureza e libertinagem, ...embriaguez, orgias... quem pratica estas coisas não herdarão o Reino de Deus" mas existe o fruto do Espírito Gálatas 5.22 "Amor, Paz, Alegria... "
A carne sempre luta contra o espírito. Por isso precisamos trabalhar para que o fruto do Espírito cresça em nós, não podemos deixar que o fruto da carne (que é como um bichinho que come o fruto do espírito) murche ou diminua a obra do Espírito em nós. Não podemos esquecer que os que são amigos da carne não podem agradar a Deus.

Vejamos em Romanos 8:5-8
“Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita
à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus.” Romanos 8:5-8

A verdadeira alegria é Jesus!

Hora de Conversar:
• Você se sente completo e alegre com Jesus? Ou precisa de alguma coisa externa para se alegrar? (Líder veja se alguma criança que não recebeu a Jesus ou que passa por um período de tristeza ou mornidão espiritual. Ore com cada uma)
• Qual fruto do Espírito precisa desenvolver mais? Porque?
• Tem alguma obra da carne que precise abandonar a partir de hoje? Qual? (Depois de falar, leve as crianças ao arrependimento)
• Vamos orar pelas milhares de crianças da nossa cidade e Brasil, para que neste carnaval o Senhor as guarde e possam conhecê-lo. (oremos intercedendo)

Atividades: Preencher e colorir a folhinha.

FONTE:http://www.montesiao.pro.br/

IDEIA LUMINOSA - ANDAR PELA FÉ

EVANGELHO NOS DEDOS

MARCADORES DA BIBLIA (DIVISÃO)









DEUS CRIOU AS FLORES

Base bíblica: Gênesis 1
Versículo base: “Todas as coisas foram feitas por ele.”
João 1.3
Objetivo: Que as crianças entendam que Deus é o Criador de todas as coisas que há no céu e na terra.
Material: areia lavada, peneirada, giz de cera, cola, Bíblia, figuras apropriadas para esse tema, folha de atividade nº 3 para cada criança.

História: Deus faz coisas maravilhosas. Ele fez o sol, a lua e as estrelas. Ele falou e tudo foi criado. As flores foram criadas por Deus. Ele as criou cheias de cores e perfumes. Deus faz todas as coisas bonitas para você e para mim. Obrigado Deus, pelas lindas flores!

Atividade: distribua as folhas. Providencie alguns potes com areia lavada e cola. As crianças passam cola nas pétalas das flores e depois jogam um pouco de areia por cima, retirando o excesso. Depois elas pintam o caule e as folhas.

LIÇÃO - DEUS ME CRIOU

Base bíblica: Gênesis 1. 26-29
Versículo base: “Foi Ele quem nos fez.” Salmo 100.3
Objetivo: Reconhecer a Deus como Criador.
Material: Lápis preto, espelho pequeno giz de cera, Bíblia, figuras apropriadas para esse tema, folha de atividade para cada criança.

História: Deus criou o homem e a mulher. Ele chamou o homem de Adão. E, Adão chamou a mulher de Eva. Adão e Eva tomavam conta do mundo criado por Deus. Deus, também, criou outras pessoas. Ele criou o seu pai, sua mãe e os seus coleguinhas. Deus criou você. Sorria! Ele ama você.

Atividade: distribua as folhas. Fale novamente que Deus nos criou. Peça que cada criança se olhe no espelho e depois desenhe e pinte o seu próprio retrato.

JOGO DA FLOR

Confeccionar uma flor com dez pétalas (mais ou menos), essas pétalas deverão ser separadas umas das outras com um círculo no meio para ser o miolo. No verso de cada pétala haverá um número de 1 a 10 e esse verso poderá ser feito de papel camurça para que se prenda ao flanelógrafo. O grupo será dividido em duas equipes e a cada uma será feita uma pergunta da lição dada, caso a equipe acerte, ela escolherá uma das pétalas e verificará quantos pontos obteve. No final se somarão os pontos para constatar a equipe vencedora.

Os dez mandamentos para uma dinâmica criativa

É necessário seguir algumas diretrizes, que vamos chamar de os dez mandamentos para dirigir uma dinâmica criativa:

1. Ore pedindo orientação na preparação, e na aplicação da atividade na vida do grupo.

2. Prepare-se bem. Verifique se o local é adequado e o material necessário esteja disponível. Estude os procedimentos com antecedência, as regras e/ou princípios das idéias que pretende usar.

3. Divulgue as atividades do seu grupo com antecedência.

4. Adapte as idéias à sua realidade, idade, tamanho e as características do seu grupo.

5. Seja um líder entusiasmado ao conduzir a atividade.

6. Tenha coragem de experimentar idéias novas e inovar o programa da sua reunião ou escola dominical.

7. Seja sensível às reações do grupo. Não quebre as tradições com muita rapidez! Uma coisa é ter “casca dura” diante das críticas injustas de uma ou outra pessoa; outra, é não prestar atenção ao retorno que a maioria do grupo está dando.

8. Seja justo nas regras.

9. Seja flexível. Não deixe que o programa se torne cansativo.

10. Não faça do programa algo mais importante do que as pessoas.

ESTUDO SOBRE NAMORO CRISTÃO

Quando Isaque estava pronto para se casar, seu pai Abraão enviou um servo a sua pátria para escolher uma esposa para Isaque. O servo encontrou Rebeca e trouxe-a na volta para Canaã, para ser esposa de Isaque. Ele só se encontrou com Rebeca pouco antes de se casarem e não a namorou (Gênesis 24). Isso pode parecer estranho, até mesmo espantoso, para uma pessoa jovem de hoje em dia, mas os casamentos arranjados pelos pais eram comuns nos tempos bíblicos. O que dizer do romance? E se o homem e a mulher não fossem fisicamente atraídos um pelo outro? Esses casamentos, com freqüência, duravam precisamente porque não eram iniciados na base da atração física ou do amor romântico, uma emoção que é freqüentemente difícil de sustentar.

Hoje, contudo, é mais comum os jovens selecionarem seus próprios companheiros. Enquanto o namoro nem sempre leva ao casamento, é o método usual de se encontrar um parceiro para o casamento. O namoro sempre permite que se observe e se conheça mais sobre aquela pessoa especial a quem se está considerando como um possível companheiro.

Obviamente, o namoro pode e deve ser agradável, mas também é sério. A seleção de um parceiro para o casamento é uma das mais significativas decisões que uma pessoa fará na vida. A Bíblia ensina que quando um homem e uma mulher se casam, deverão permanecer casados pelo resto de suas vidas. O divórcio é autorizado por Deus somente em casos quando o adultério foi cometido por um dos parceiros (Mateus 19:3-9; 5:31-32). Uma má escolha do companheiro é uma decisão que pode causar muito sofrimento, mais tarde, na vida. Por outro lado, um bom companheiro é uma bênção maravilhosa em nossa vida (Provérbios 18:22).

Que tipo de parceiro deverá um homem ou uma mulher estar procurando? Freqüentemente, os jovens escolhem seus namorados na base da aparência física. Rapazes querem namorar mulheres com corpo bem feito e feições atraentes. As moças querem namorar homens com corpo forte e feições elegantes. Infelizmente, a atração física não é uma garantia de que um jovem será um bom esposo ou de que uma moça venha a ser uma boa esposa.

Não é errado, certamente, ser-se atraído pela beleza física, mas o bom caráter é o que dá a felicidade no casamento (1 Pedro 3:1-6). Quando as pessoas namoram, que traços de caráter deveriam elas estar procurando em seus namorados? Observando as responsabilidades de esposos e esposas, podemos descobrir alguns dos traços que são necessários a um casamento bem sucedido. As Escrituras também nos dizem sobre alguns traços de caráter que são importantes em qualquer relação humana.

Procurando um Bom Esposo

A responsabilidade do esposo é amar sua esposa sem egoísmo, assim como Cristo amou a igreja (Efésios 5:25-29). Ele precisa estar pronto a sacrificar-se por ela, a amá-la nos tempos difíceis. O esposo é a cabeça da esposa, mas precisa respeitá-la como aquela que se submeteu a ele voluntariamente, isto é, aquela que se tornou o "vaso mais fraco" por sua própria escolha (1 Pedro 3:7). Como provedor de sua família, ele precisa possuir a vontade de trabalhar com suas mãos e sua mente (Gênesis 3:17-19; 1 Timóteo 5:8). Quando uma mulher namora, ela deverá estar-se fazendo as seguintes perguntas sobre o homem com quem ela está se encontrando. Ele demonstra uma atitude desprendida? Ele mostra respeito pelas mulheres? Ela deverá ser bastante prudente para observar como ele age com sua mãe, a quem ele é mandado honrar pelas Escrituras (Efésios 6:2). Ele tem demonstrado capacidade para terminar tarefas desagradáveis que precisam ser feitas ou ele perde o interesse rapidamente e desiste?

Procurando uma Boa Esposa

A responsabilidade da esposa é amar seu esposo e filhos e cuidar da casa (Tito 2:4-5; 1 Timóteo 5:14). Os cuidados da casa, incluindo o trato e o ensinamento dos filhos, exigem muito trabalho e paciência. Ela precisa querer submeter-se à autoridade de seu esposo, justamente como a igreja precisa submeter-se a sua cabeça, Jesus Cristo, em todas as coisas (Efésios 5:22-24). Assim como a mulher, o homem deverá estar-se fazendo algumas perguntas a respeito da pessoa que ele está encontrando. Ela adorna a pessoa interior do seu coração adequadamente, manifestando um espírito que é "manso e tranqüilo" (1 Pedro 3:3-4)? Ela mostra respeito pela autoridade de seus pais? Se não, ela mais tarde mostrará respeito pela autoridade de seu esposo? Ela demonstrou capacidade e disposição para trabalhar nas tarefas domésticas até que elas estejam terminadas e bem feitas? Todo o homem jovem faria bem em ler Provérbios 31:10-31 e considerar as qualidades da mulher descrita nesse texto.

Traços Gerais de Caráter

Há outros traços de caráter e atitudes que são de suma importância para o sucesso no casamento. Por exemplo, a confiança é a base do casamento. Aqueles que servem para o casamento deverão falar sempre a verdade, não só um com o outro, mas em qualquer circunstância (Colossenses 3:9). Haverá ocasiões em um casamento quando um parceiro não terá como verificar a veracidade do outro. Para que esse casamento perdure, cada um precisa ser capaz de ter confiança na honestidade e fidelidade do outro. A pessoa que estou namorando diz sempre a verdade a mim e aos outros?

Duas pessoas quaisquer, numa relação tão íntima como o casamento, eventualmente pecarão uma contra a outra. Para que essa relação permaneça sadia, ambos precisam ser capazes de admitir o erro e pedir perdão. Isso exige humildade, que não é a ausência de confiança em si mesmo, mas antes uma avaliação adequada de si mesmo em relação com Deus e com os outros. A arrogância e a hipocrisia que ela produz podem destruir um casamento. A pessoa que estou namorando manifesta uma humildade genuína?

Talvez uma das fraquezas humanas mais comuns é a raiva desenfreada. Impaciência com irritabilidade fazem uma combinação terrível, que freqüentemente destrói a comunicação num casamento e às vezes resulta em violência física de um parceiro contra o outro. A Bíblia adverte repetidamente contra o perigo da ira incontida (Tiago 1:19-20; Efésios 4:26-27,31-32). Explosões de temperamento durante o período de namoro são um sinal claro de que o casamento com uma pessoa assim trará dificuldades.

Espiritualidade e respeito pela palavra de Deus são os traços que formam uma base firme para todos estes outros traços de caráter e atitudes. Aqueles que vivem num nível puramente físico, cuidando apenas dos prazeres da carne, dão maus parceiros de casamento porque tendem a ser abertamente egoístas e freqüentemente lhes falta domínio próprio. A pessoa que estou namorando está interessada em servir a Deus? Essa pessoa demonstra interesse por coisas espirituais? Aqueles homens e mulheres que estão habituados a seguir a palavra de Deus na vida são melhores esposos, simplesmente porque a Bíblia contém a receita para um casamento bem sucedido.

Sugestões Para o Namoro

O processo de amadurecimento físico e mental dos jovens traz tanto potência quanto perigo. É claro, nossos corpos freqüentemente amadurecem mais depressa que nosso juízo. Além disso, os desejos sexuais são com freqüência mais fortes na adolescência e na juventude do que em qualquer outro período da vida. Por esta razão, é importantíssimo que os jovens percebam a importância de manter a pureza sexual. A Bíblia é clara sobre o fato que ter relações sexuais antes do casamento é pecaminoso (1 Coríntios 6:13-18; 7:1-2). Umas poucas orientações simples para o namoro ajudarão a diminuir o perigo de ser-se apanhado na impureza.

Evite o contato físico excessivo. As chamas da paixão freqüentemente são avivadas pelo contato físico íntimo até o ponto em que nenhuma pessoa quer parar. Muitos homens e mulheres tem pensado que poderiam se conter em certas circunstâncias, mas perderam sua pureza num momento de fraqueza. "Tomará alguém fogo no seio, sem que as suas vestes se incendeiem? Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?" (Provérbios 6:27-28).

Não se encha de desejos pecaminosos, evitando situações que provoquem a tentação (Romanos 13:14). É possível resistir à tentação, mas precisamos querer buscar o meio de escapar (1 Coríntios 10:12-13). Evite os lugares escuros, isolados. Planeje as atividades do namoro em vez de se deixar levar pela paixão do momento. Roupas modestas também ajudam a evitar a tentação. As mulheres, especialmente, deveriam vestir-se de tal modo que reflita sua castidade e pureza; vestir-se de roupas escandalosas é sugerir ao seu namorado que ela pode estar querendo se envolver em comportamento lascivo.

Evite namorar com pouca idade. Por causa do principal propósito do namoro, isto é, encontrar um companheiro, é um erro começar a namorar muito cedo. Tal prática meramente coloca meninos e meninas em situações para as quais não estão preparados. Infelizmente os jovens, freqüente e erradamente consideram o comportamento lascivo como um sinal de maturidade e desejam desesperadamente tornar-se adultos. Os pais dos jovens não deveriam permitir-lhes namorar enquanto não amadurecerem suficientemente para entender os perigos e as responsabilidades do namoro.

Tem sido observado que geralmente casamos com alguém que namoramos! Por essa razão, os homens e as mulheres precisam agir com cuidado no namoro. Olhar para o caráter da pessoa que namoramos, em vez de ver somente sua aparência física, pode ajudar a garantir a escolha de um bom parceiro. A prudência no namoro nos ajudará a evitar os trágicos erros e pecados que podem danificar seriamente nossas oportunidades de futura felicidade nesta vida, e na eternidade.
- por Allen Dvorak

NAMORAR OU FICAR?

Ser ou não ser de ninguém

“Larga é a porta e espaçoso é o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela” (Mt 7-13e14).

Na hora de cantar todo mundo enche o peito nas boates, levanta os braços, sorri e dispara “eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também” uh iuhu é!!, fazem até biquinho cantando! No entanto, passado o efeito da cervejinha, energéticos e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração “tribalista” se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo “Invoca-me no dia da angústia e eu te livrarei” (Sl 50-15), e reclamam da solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição.

A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu. Beijar na boca é bom? é sim! se mantiver sem compromisso, viver rodeados de amigos em baladas animadíssimas é legal ? “Há caminho que para o homem parece perfeito, mas o fim dele é a morte”(Pv 14: 12) Será que os grupos “tribalistas” se esqueceram da velha lição ensinada no colégio, onde “toda ação tem uma reação”, “pois aquilo que o homem plantar, isso também colherá” (Gl 6-7) agir como tal tem conseqüências boas e ruins

Não dá para ficar somente com a cobertura do bolo é preciso comer o todo, os ingredientes vão além do descompromisso, como: não receber o famoso telefonema no dia seguinte, não saber se estar namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa, não se importar se o outro estiver beijando outra e etc... embora já saibam namorar os “tribalistas” não namoram. Ficar é coisa do passado, a palavra de ordem de hoje é “namorix”. A pessoa pode ter um, dois e até três “namorix” ao mesmo tempo, para eles virgindade também é coisa do passado. “Não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em nós (I Cor 6:19)” “mas o corpo não é para a prostituição” (I Cor 6:13)

Dificilmente está apaixonada por seu “namorix”, mas gosta da companhia do outro e de manter a ilusão de que não está sozinho. Nessa modalidade de relacionamento, ninguém pode se queixar de nada, caso uma das partes se ausente durante uma semana, a outra deve fingir que nada aconteceu, afinal, não estão namorando. Aliás, quando foi que se estabeleceu que namoro é sinônimo de cobrança ? a nova geração prega liberdade, “Irmãos, fostes chamados à liberdade, não useis então da liberdade para dar ocasião a carne, mais servirmos uns aos outros com amor” (Gl 5:13) mas acaba tendo visões unilaterais.

Assim como só deseja a “cobertura do bolo”, enxerga somente o lado negativo das relações mais sólidas, desconhece a delícia de assistir um filme juntos comendo pipoca, de cumplicidade, carinho e amor. É cuidar do outro e ser cuidado, é telefonar só para dizer boa noite, Ter alguém para fazer cafuné, um colo para chorar, é uma preparação para o casamento, enfim é ter alguém para amar. Um poeta disse que “amar se aprende amando” e se seguirmos seu raciocínio, esbarraremos na lição que nos foi passada nas décadas passadas relação é sinônimo de desilusão. O número avassalador de divórcios nos últimos tempos, só veio a confirmar essa tese e aqueles que se divorciaram vendem na maioria das vezes a idéia de que casar é um péssimo negócio e que uma relação sólida é sinônimo de frustrações futuras.Talvez seja por isso que pronunciar a palavra “namoro” traga tanto medo e rejeição. No entanto vivemos numa época muito diferente daquela em que nossos pais viveram. “O mundo passa e todos os seus prazeres, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”(I Jo 2-17).

Hoje podemos optar com maior “liberdade”, não se trata de responsabilizar nossos pais, ou atribuir um significado latente aos acontecimentos vividos e assimilados na infância, pois somos responsáveis por nossas escolhas, assim como o que fazemos com as lições que nos chegam. Podemos aprender amar se relacionando trocando experiências, afetos, conflitos e sensações. Não precisamos amar sob os conceitos dessa sociedade.

Nós temos o livre arbítrio para a escolha. Ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas me convém.” (I Cor 10-22 a). Ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento é uma das conseqüências de uma pessoa livre, é também arriscar, pagar para ver e correr atrás de seus sonhos, é doar e receber, é estar disponível, é compartilhar momentos de alegria e buscar tirar proveito até mesmo das coisas negativas. Ser de todo mundo, não ser de ninguém, é o mesmo que não ter ninguém também... é não ser livre para trocar e crescer... é estar fadado ao fracasso emocional e a tão temida solidão.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” ( João 8-32)

http://www.rittabastos.blog.uol.com.br

Namorar é bom demais! Mas antes é preciso responder algumas perguntas...

NAMORAR É MUITO BOM!!!
--------------------------------------------------------------------------------
Namorar é bom demais! Mas antes é preciso responder algumas perguntas...

1. POR QUE NAMORAR?

O que você pensa sobre o namoro? Você já fez essa pergunta a si mesmo? Ela pode ajudar muito a definir com que idade deve-se começar a namorar. Tudo depende da maneira como você vai encará-lo. Se for com seriedade e compromisso , pode-se dizer que o seu equilíbrio emocional está começando.

Iniciar um namoro com 12 ou 13 anos ,geralmente causa privações de estar com outros amigos ,jogar o esporte que gosta, porque o(a) namorado(a) pode ficar com ciúmes. Por que queimar etapas da sua vida antes da hora? Assumir a seriedade do namoro tão cedo? Adolescência é para se curtir os amigos, viver muitas aventuras. Será que você está preparado(a) para dedicar-se tanto a uma pessoa?

O namoro não é apenas um momento de emoção a dois. Ele é um período muito importante e deve ser levado a sério em nossas vidas. A sua base deve ser firmada num amor de verdade e não em uma paixão desenfreada. E isso leva tempo para se adquirir.

O namoro é o tempo das descobertas. Descobrir o máximo como é o outro: sua personalidade, temperamento, caráter, afinidades e hábitos. Além de oferecer também uma oportunidade para se desenvolver amizade e companheirismo.

Você entrou num namoro só por causa das carícias? Cuidado! Elas são muito atraentes e envolventes, mas costumam cegar nosso entendimento para outras áreas importantes. Numa dessas, você pensa que o(a) garoto(a) é um príncipe (ou princesa),de repente você está com o maior "sapo" nas mãos.

2. COM QUEM VOU NAMORAR?

Você já pensou nas qualidades que espera encontrar na pessoa amada? Observe as dicas a seguir e decida somente após uma séria avaliação.

Dicas para um bom namoro:
O que ele (a) pensa sobre Deus?
Ele (a) dá testemunho de uma vida comprometida com Deus?
Ele (a) é bondoso(a)? Educado(a)?
Como ele(a) reage às suas fraquezas e defeitos?
Como reage aos problemas que a vida traz?
Como ele(a) reage à auto- É companheiro(a)? É amigo(a)?
É briguento(a)?
Ele(a) é sensível? Demonstra consideração?
Já estabeleceu alvos para o futuro?
Como ele(a) lida com dinheiro?

Sem dúvida, é difícil encontrar todas essas qualidades numa só pessoa. Veja se a pessoa corresponde às expectativas que você considera essenciais. Coloque seus anseios quanto a ela em oração e espere em Deus. Lembre-se que Ele pode responder sim, não ou espere.

O coração humano sempre tem dificuldade em ESPERAR. Deus por toda a Bíblia, nos orienta a esperar por Ele, como em Salmo 46.10- "Aquietai-vos e sabei que eu Sou Deus." Quando ao invés de aquietar, nós nos inquietamos e começamos a agir por conta própria, acumulamos frustrações e problemas.

Ao procurarmos o querer do Senhor para nossas vidas, descobrimos a grande verdade descrita em Rm 12.2-"A vontade de Deus é boa perfeita e agradável". Ele sempre quer o melhor para nós.

Você encontrou a pessoa certa? Já sente-se com maturidade suficiente para encarar o amor e suas responsabilidades? Orou ao Senhor, e obteve uma resposta afirmativa, até de seus pais? Vá em frente, invista nesse namoro. Vai valer a pena! Caso contrário, vá curtir sua juventude, seus amigos e cada etapa desta emocionante fase da vida , pois ainda não é o seu tempo para namorar.

Namorar é muito bom! Mas, namorar dentro da vontade de Deus é melhor ainda!!!

TEATRO A CONSCIENCIA DE SARINHA

Ato I
Cena I
Entra mamãe com olhar alegre, Sarinha pergunta:

Sarinha- Mamãe, o que é isso que você tem na mão?
Mamãe- É um relógio muito bonito e caro que seu pai me deu de presente de aniversário.
Sarinha- Eu posso ver?
Mamãe- Pode sim, mas na minha mão.Depois nada de mexer nele de novo.
Sarinha- Tá bom, mamãe, pode deixar. (Mamãe mostra o relógio e sai)

Entra Tales, o irmão de Sarinha; enquanto Tales desamarra o tênis...

Sarinha- Tales, você já viu o relógio novo de mamãe?
Tales – O que tem ele de mais?
Sarinha- Ele é o relógio mais bonito que já vi, e a mamãe falou que ele é muito caro também.
Tales- E daí, é só um relógio de mulher. Eu vou é tomar meu banho.
Sarinha- Não sei porque os homens são tão insensíveis... A mamãe pediu pra eu não mexer mais no relógio... hum! Ele muito bonito mesmo, ela não saber se eu colocá-lo só um pouquinho no meu braço... Ops!! (O relógio cai do braço de Sarinha e ela chora). Oh! meu Deus, tomara que minha mãe não resolva usar este relógio tão cedo. (Fala limpando as lagrimas e sai.)

Tempo depois entra mamãe, pronta para sair e grita para Sarinha em outro cômodo da casa.

Mamãe- Sarinha, vou me encontrar com seu pai no escritório, e de lá vamos almoçar juntos. Avise ao Tales quando ele chegar da escola. Vou usar o lindo relógio que ganhei...( Percebe o relógio quebrado) O que isso? Quem quebrou meu relógio?.. Sarinha Venha já aqui!!
Sarinha- O que foi mamãe? (Pergunta cinicamente)
Mamãe- O que foi? O que foi, digo eu, mocinha. O que aconteceu com meu relógio?
Sarinha- Eu não sei, mamãe, eu deixei onde estava.
Mamãe- Tem certeza, menina?
Sarinha- Claro que tenho, aliás porque não pergunta ao Tales. Tenho quase certeza de que foi ele, aquele menino atentado!
Mamãe- Bem, se não foi você, só pode ter sido o Tales mesmo. Ele vai ter o castigo que merece e vai aprender a não mexer no que não lhe pertence. Desculpe por ter te acusado injustamente filha.
Sarinha- Posso ir?
Mamãe- Pode sim.(Sarinha sai e mamãe fala desconfiada) Hum! Eu acho que não foi o Tales, ele não seria capaz disso. Mas Sarinha sim, ela ficou fascinada com o relógio. Vou esperar, tenho certeza de que amanhã ela vai querer me dizer alguma coisa.

 
ATO II
 
A noite Sarinha tenta dormir.

Sarinha- Não estou conseguindo dormir, estou sem sono, deve ser o calor...(fica pensativa) O será que a mamãe fez com o tales?...Bem, seja lá o que for ele agüenta bem, afinal ele homem!
Entra alguém vestindo trapos escuros

Consciência- Oi Sarinha, tá difícil dormir?
Sarinha- Ai meu Deus!! Quem é você?
Consciência- Calma, não se assuste, não vou te fazer mal, calma, calma...
Sarinha- O que você quer?
Consciência- Bom, primeiro vou te dizer quem sou. Sou a sua consciência.
Sarinha- Minha o que?
Consciência- Consciência!
Sarinha- O que é uma consciência?
Consciência- Consciência é aquela voz que avisa lá dentro de você, quando você faz alguma coisa errada, quando você engana alguém. É aquela voz baixinha, mas muito forte, que te incomoda e não te deixa dormir.
Sarinha- Ah! Então é você que não está me deixando dormir?
Consciência- Sim, mas por enquanto, só até você me ajudar.
Sarinha- Te ajudar? Está doente?
Consciência- Mais ou menos, mas está vendo como eu fiquei? Esta roupa horrível, suja, esfarrapada...
Sarinha- Por que ficou assim?
Consciência- Porque sou sua consciência e você fez uma coisa errada e muito feia, cada vez que você faz alguma coisa errada, eu fico assim, tão feia quanto aquilo que você fez. Por isso eu tiro seu sono e incomodo seus pensamentos até você consertar tudo o que fez de errado. Então eu fico bonita e limpinha de novo, e você pode dormir tranqüila novamente.
Sarinha- Mas o que eu fiz não dá pra mudar, o relógio já está quebrado.
Consciência- Não estou falando do relógio e sim da mentira que contou a sua mãe e fez uma acusação mentirosa. Sendo desobediente e covarde.
Sarinha- O devo fazer? (Pergunta de cabeça baixa)
Consciência- Conte a verdade a sua mãe e peça perdão ao seu irmão.
Sarinha- Tá bem, sei que ela vai me castigar, mas eu mereço, (Respira fundo e chama)
Mamãe!!
 
ATO III

Mamãe- O que foi filha? Não está dormindo?
Sarinha- Eu não conseguia dormir porque minha consciência me tirou o sono e incomodou meus pensamentos.
Mamãe- Você fez algo de errado?
Sarinha- Bem...é...quer dizer...fiz sim. O relógio que papai te deu, fui eu quem o quebrou.
Continuação

Mamãe- E porque você mentiu pra mim? (Séria)
Sarinha- Por que tive medo.
Mamãe- Sarinha, quando foi que te dei motivos para ter medo de mim? Filha, os pais esperam que os filhos o respeitem e os amem, saber que você tem medo de mim me entristece muito. Pais e filhos precisam ser amigos e confiar uns aos outros. E, é claro, eu lhe chamaria à atenção pela sua desobediência, mas isso seria inevitável, você errou e precisa aprender a responder pelos seus erros, assim terá a consciência limpa.
Sarinha- É agora eu sei...(Fala olhando para a consciência, que está ali no canto o tempo todo. Esta ri e pisca para Sarinha enquanto tira os trapos escuros, deixando surgir a roupa clara que está por baixo).
Sarinha- Mamãe, ainda podemos ser amigas?
Mamãe- Claro filha, se você quiser.
Sarinha- Então me perdoe, mesmo que me castigue, me perdoe.
Mamãe- As pessoas devem ser castigadas para aprenderem as lições, e você já aprendeu a sua, e claro que te perdôo, senão,que tipo de mãe eu seria?
Sarinha- E, tenho que falar com o Tales! Será que ele também vai me perdoar?
Mamãe- Ele não sabe nada sobre esta história, querida. Eu também uma consciência, e ela me avisou que Tales não era culpado, se eu o tivesse castigado, minha consciência ia me incomodar muito. Agora vamos tomar um copo de leite e depois vamos dormir tranqüilos.

Saem as duas. Fica a consciência e fala às crianças sobe suas consciências.

FIM

TEATRO - VOLTA AO LAR

(parábola do Filho Pródigo – Lucas 15.11-24)

Personagens:
1ª parte: Narrador
Voz oculta (do filho mais moço)
Voz oculta (do pai)
2ª parte: Filho mais velho
1º servo
2º servo
Pai
(todos usam trajes da época)

Cenário- cozinha de uma casa antiga. Mesa rústica, vasilhas de barro, facas de cozinha e outros utensílios. A um canto, algo que possa sugerir um forno antigo.

1ª Parte

(O narrador vai à frente, filho e pai estão ocultos)

Narrador- certo homem tinha dois filhos e o mais moço disse ao pai:
Voz do filho- Pai, dá-me a parte que me cabe dos bens.
Narrador- E ele repartiu os haveres. Passados não muitos dias, o filho mais moço, ajuntando tudo o que era seu, partiu para uma terra distante, e lá dissipou todos os seus bens, vivendo dissolutamente. Depois de ter consumido tudo, sobreveio àquele país uma grande fome e ele começou a passar necessidade. Então ele foi e se agregou a um daqueles cidadãos daquela terra, e este o mandou para os seus campos a guardar porcos. Ali ele desejava fartar-se das alfarrobas que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. Então, caindo em si, disse:
Voz do filho- Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome! Levantar-me-ei e irei ter com meu pai e direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti, já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores.
Narrador- E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou e, compadecido dele, correndo, o abraçou e beijou. E o filho lhe disse:
Voz do filho- Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho.
Narrador- O pai, porém, disse aos seus servos:
Voz do pai- Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado.
Narrador- E começaram a regozijar-se. Ora, o filho mais velho estivera no campo; e, quando voltava...

2ª Parte

(Dois servos entram carregando vasilhas de barro e utensílios de cozinha. Começam a preparar o banquete. Manejam grandes facões como se estivessem tratando a carne do bezerro cevado, dentro das vasilhas de barro. Um jovem entra, com roupa de trabalho, pára um pouco, escuta, admirado, as músicas vindas do interior da casa.)

Filho (surpreso)- Por que esta música? Estão preparando um banquete? (olha as atividades dos servos) Que está acontecendo aqui? Que festa é esta?
1º servo (abaixando-se junto ao forno para observar a bandeja que está a assar)- Seu irmão voltou.
2º servo (sempre tratando a carne)- Seu pai mandou matar o bezerro que estávamos cevando e preparou uma grande festa para comemorar a volta dele.
Filho (visivelmente contrariado)- Ah! Então ele voltou? E meu pai vai dar uma grande festa! Mas não há razão para isto...
2º servo- Ora, patrãozinho, tanto tempo que o menino estava fora! Não fica alegre?
1º servo- Seu pai está muito feliz e deu ao seu irmão um rico manto, um anel e sandálias novas.
Filho (com muita rispidez)- Ah! Então meu pai vai comemorar o desperdício que meu irmão fez com sua fortuna?
1º servo- Não, não é isso! Seu pai quer comemorar a volta dele. O patrãozinho não está contente?
Filho (ainda mais zangado) – Eu, contente? (vira as costas) . Não participarei desta festa! (muito revoltado) E sabem? Não entro mais nesta casa! (ao sair, encontra-se com o pai que vai entrando).
Pai ( encaminha-se para o filho, sorridente, esperando que ele compartilhe de sua alegria) – Meu filho, você já soube da novidade? Não? Seu irmão voltou!
Filho – Já soube, sim...
Pai- Você não imagina como estou feliz!
Filho (cada vez mais irritado)- Imagino, sim...Pelos preparativos para a festa, que estou vendo...
Pai- Meu filho! É esta a sua reação diante de uma notícia tão maravilhosa? Você não acha que eu tenho razão para fazer esta festa? Você se esquece dos dias de angústia que passamos, sem saber do paradeiro do seu irmão?
Filho- Justamente por isto é que eu estou aborrecido, pai. Ele, por acaso, pensou no nosso sofrimento? Na certa, voltou porque não tem mais dinheiro para gastar...
Pai- Quanto pedi a Deus por este momento, meu filho! E você não entende a minha alegria...
Filho (contrafeito)- Entendo até certo ponto...mas, e eu, pai? Estive todo o tempo com o senhor, trabalhando, nunca lhe dei um desgosto...e quando foi que o senhor fez uma festa para mim? Nunca tive uma festa para alegrar-me com os meus amigos! Nunca, nunca, não foi?
Pai (conciliador)- Meu filho querido! Eu e você sempre nos entendemos. Trabalhamos juntos com os mesmos propósitos e você sabe que tudo o que é meu é seu também! Nunca soube que você desejava uma festa... e você acha que eu não faria uma se tivesse pedido?
Filho- Eu sei, pai, mas...
Pai (interrompendo)- Considere o significado da volta do seu irmão. Pensávamos que ele havia morrido e...de repente, ele voltou ao lar! Ele se arrependeu dos seus pecados e eu o perdoei. Ó, meu filho, seu irmão ESTAVA PERDIDO, e FOI ACHADO! Pense nisto: ele ESTAVA PERDIDO E FOI ACHADO! (Dá ênfase à frase final)


Clube de Treinamento para Escritores Evangélicos, Recife


Apresentações extraídas de:

VIANA, Juracy F. A igreja em festa. 2.ed. São Paulo: Casa Editora Presbiteriana, 1990.

TEATRO - Viajando pela Bíblia 1 - Procurando Pequenos Obreiros.

Welson Tavares, SP
Personagens: Narradora; Maria; Cássia; Bíblia; Dona Diva
Narradora - Bem vindos! Vocês estão prestes a entrar no maravilhoso mundo da Bíblia. Este Mundo não é de mentira, como outros por aí, e vocês podem morar nele, viver nele, basta querer. Bom, vou deixar para depois as explicações de como morar no Mundo da Bíblia, pois agora vamos ver a primeira história da série Viajando pela Bíblia. Nossa primeira história tem por título "Procurando os pequenos obreiros", que conta a história...É melhor vocês verem a história... Tudo começou com a pergunta, da "perguntadeira" Maria que queria saber de tudo que lhe viesse à telha:
Cena 1 - sem cenário
Maria - Oh Cássia, como é que eu sei que a Bíblia conta a verdade?
Cássia - Por que a Bíblia nos diz que todas a s escrituras são inspiradas por Deus, além do mais para tudo que acontece a Bíblia tem uma explicação.
Maria - Eu nunca ouvi nas Histórias da Bíblia crianças fazendo algo para Deus, eu acho que é porque nós somos muito pequenos e não sabemos fazer quase nada, aliás, nada.
Cássia - Uhmmmmm! É verdade...Mas há crianças que fizeram sim a obra do Senhor.
Maria - Ué...Por que eu num lembro?
Cássia - Você tem ido para a Escola Dominical e prestado atenção?
Maria - Não...He...He...
Entra a Bíblia
Bíblia - Já que você não vai buscar o conhecimento da Bíblia, eu vim aqui te trazer o conhecimento Maria.
Cássia - Como é que você entrou aqui?
Bíblia - Vamos, e não tenha medo, pois eu não vou lhe fazer mal algum.
Maria - Vamos sim, seu desconhecido... Maria segue Bíblia
Bíblia - Você não vem Cássia?
Cássia - Isso parece loucura, mas...
Fecham-se as cortinas e começa a tocar a música de fundo.
Cena 2 - Cenário: Gênesis, que consiste um lugar com folhas e alguns desenhos simulando arbustos.
Bíblia - Eis aqui o começo de tudo, o livro das Gênesis de todas as coisas.
Maria - Que legal! Mas o que a gente veio fazer aqui?
Bíblia - Dona Narradora, explica pra ela e para todo mundo o que nós viemos fazer aqui?
Narradora - Mas é claro. A aventura de Viajando pela Bíblia I será viajar pela Bíblia toda a procura de pista ou pessoas mesmo que eram crianças e faziam a obra do Senhor.
Maria - Que legal! Vão me ensinar as coisas sem eu precisar perguntar? Mas eu posso fazer perguntas não posso?
Bíblia - Claro que pode. Estou aqui pra lhe explicar tudo sobre crianças obreiras, para que você também seja uma.
Maria - Mas como e posso fazer isso, eu sou tão pequena?
Bíblia - Essa pergunta será respondida mais à frente Maria.
Cássia - Olha, eu acho que encontrei um pista.
Bíblia - Deixe-me ver... É realmente é nossa primeira pista e diz: "A obediência". Isso quer dizer que no princípio da criação as crianças faziam a vontade do Senhor somente em obedecer aos seus pais, essa a primeira obra, a obediência.
Maria - Já vi que posso fazer a obra...
Cássia - Tá vendo resmungona. Toda vez que a mãe te pede pra fazer algo você fica resmungando e não a obedece.
Maria - Eu vou mudar...
Bíblia - Bom, já ficamos muito aqui, vamos procurar a próxima pista, para ver com as crianças podem fazer a obra do Senhor.
Fecham-se as cortinas
Cena 3 - Cenário: Deserto, desenho do Sol bem forte e as luzes quase todas acesas.
Bíblia - Chegamos ao Êxodo...
Maria - Que calor!
Cássia - Claro Maria, nós estamos no Egito.
Bíblia - Realmente, aqui é muito quente, pois a maiorias das áreas são todas desérticas.
Maria - Olha aqui! Acho que é a nossa pista.
Bíblia - Deixa-me ver?
Maria -Tó...
Bíblia - Não Maria, essa não é nossa pista, é apenas uma anotação sobre como fazer o próximo cenário.
Cássia - Onde será que tá a pista daqui.
Bíblia - Vamos Perguntar à Narradora!
Maria - Vamos...
Cássia - Hei! Espera aí, com a Narradora nós podemos falar daqui mesmo.
Bíblia - É basta falar assim: Dona Narradora onde está a nossa pista?
Narradora - Têm duas. Uma delas está comigo e a outra está atrás de uma pedra.
Bíblia - Você pode, por favor, nos dar a pista que está com a senhora?
Narradora - A pista que está comigo diz que vocês daqui passarão para o Livro de Samuel, pois do atual livro até este a pista é única: "Obediência aos pais para agradar ao Senhor". Enquanto a Narradora fala Maria pega a pista na pedra
Maria - Aqui está a outra pista.
Bíblia - Vamos ver o que diz... "A irmã de Moisés ajudando sua mãe a cuidar de Moisés". Aqui se vê que a irmã de Moisés agradava a sua mãe, logo agradava a Deus.
Cássia - Então nós temos duas pistas e duas dicas para as crianças: A Primeira diz que obedecendo aos seus pais você está obedecendo a Deus A Segunda diz que agradando os pais, agradamos a Deus.
Bíblia - Vamos como disse a Narradora para o Livro de Samuel.
Fecham-se as cortinas
Cena 4 - Cenário: Um Templo, lugar à meia luz e iluminado com velas, simbolizando a luz do templo
Bíblia - Já sei onde está a pista...
Maria - Tão rápido!?
Cássia - Deixa de resmungar Maria
Bíblia - Olhem, aqui diz: "Samuel desde pequeno servia ao Senhor como sacerdote, ensinado pelo sacerdote Eli".
Cássia - Faz sentido...
Maria - Alguém me dá uma luz por que eu ainda não entendi o que significa.
Cássia - É simples Maria, com isso nós podemos saber que não só os adultos podem pregar e ensinar nos cultos, mas se as criança e adolescente também buscarem ao Senhor podem ministrar sua palavra com fervor.
Bíblia - Isso mesmo Cássia, se você usasse essa inteligência para falar de Jesus a suas colegas de classe, você faria muito bem a obra do Senhor.
Cássia - É... É...
Maria - Já acabamos aqui, vamos procurar a próxima pista.
Bíblia - Tem razão Maria, vamos.
Fecham-se as cortinas
Cena 5 - Cenário: montanhas
Bíblia - Por mais que nós tenhamos andado, não saímos do Livro de Samuel.
Maria - Mas tudo tem um motivo de ser.
Cássia - Nosso! Finalmente você falou algo de interessante.
Maria - Mas é lógico, eu li o texto da Bíblia.
Cássia - Tinha que ser!
Bíblia - Como a Maria já falou, tudo tem um motivo de ser, se estamos aqui é para aprender algo novo.
Cássia - Achei a pista. Posso ler?
Bíblia - Claro que pode.
Cássia - "Um menino pastoreando as ovelhas de seu pai, e defendendo-as de animais perigosos".
Bíblia - Aqui vemos Davi cuidando das ovelhas de seu pai e com isso aprendeu a confiar no Senhor, sendo assim agradava ao Senhor, pois nele confiava cegamente, prova disto é que mais tarde enfrentou o gigante Golias.
Cássia - Já temos então três pistas para fazer a obra do Senhor...
Maria - Eu sei quais são. Obedecer, agradar e confiar.
Cássia - Você está aprendendo rápido Maria.
Bíblia - Vamos para a próxima pista.
Fecham-se as cortinas
Cena 6 - Cenário: Trono
Cássia - Olha ali em cima do trono.
Maria - Deixa que eu pego. É... Agora é a pista.
Bíblia - Dê-me. Bíblia pega a pista de Maria Aqui diz: "Josias reinou desde os oito anos".
Maria - Puxa! Um rei com oito anos parece até brincadeira.
Bíblia - Mas não é.
Cássia - Mas o que isso quer dizer?
Bíblia - Quer dizer que as crianças também podem decidir, desde que queiram realmente servir ao Senhor com sinceridade.
Maria - Para fazer a obra do Senhor temos que obedecer, agradar, confiar e decidir.
Cássia - Isso tá ficando complicado.
Bíblia - Não é nada difícil, pois basta ser simplesmente como Jesus.
Cássia - Ah! É básico.
Bíblia - Vamos sair dos Livros dos Reis, e vamos seguir para nossa próxima pista
Fecham-se as cortinas
Cena 7 - Cenário: Livros poéticos: um pergaminho
Bíblia - Chegamos aos Livros Sapienciais
Maria - Que livros são esses? Não sabia que na Bíblia tinha estórias de sapos.
Cássia - (rindo) Não Maria, são os livros poéticos, que trazem muitos conselhos sábio, por isso são chamados de Livros Sapienciais.
Maria - Assim está melhor.
Bíblia - Vejam aqui tem um rolo de pistas.
Cássia - Lógico, nos livros poéticos nós podemos encontra muitas informações de como fazer a obra do Senhor, mesmo sendo criança.
Maria - Qual é a primeira pista dona desconhecida?
Bíblia - Pode me chamar de Bíblia. A primeira pista diz: "Não era criança, mas deixou um belo exemplo de paciência".
Maria - Essa eu sei que é. É Jó que foi um homem muito paciente, sofreu muito, mas nunca reclamou do seu Deus.
Cássia - Tá vendo que você lembra o que aprendeu na Escola Dominical, só precisa fazer uma forcinha para lembrar.
Maria - Eu já posso falar todas as pistas que nós já encontramos?
Bíblia - Ainda não Maria porque ainda tem outras pistas.
Cássia - Leia logo as outras Bíblia.
Bíblia - "Ouvi o conselho do teu pai"
Cássia - Essa pista é muito clara.
Bíblia - Mas nos livros sapienciais nós encontramos ordens para os adultos também. No livro dos Provérbios capítulo 22 e versículo 6 diz : "Ensina o menino no caminho em que deve andar..."
Maria - Nós devemos ouvir os conselhos de nossos pais porque eles tem de nos ensinar a andar nos caminhos do Senhor e nós devemos obedecer.
Bíblia - Certo Maria! Muito bem. Vamos para o próximo livro ou subdivisão deles.
Maria - Como assim subdivisões.
Bíblia - Eu explico pra você no caminho, vamos... Os livros da Bíblia...
Fecha-se as cortinas
Cena 8 - Mesmo cenário
Maria - Seu Bíblia, você entende tudo da Bíblia hein!
Cássia - Parece que nós voltamos para o mesmo lugar.
Bíblia - Não. Posso sentir que nós estamos nos Livros Proféticos.
Cássia - E que pistas podemos encontrar nos Livros Proféticos que têm uma linguagem tão complicada e as vezes dura?
Bíblia - Narradora, onde está a pista daqui?
Maria - Eu já achei, está aqui.
Bíblia - Obrigada dona Narradora
Cássia - pega a pista de Maria - Aqui diz : "Sendo já homem, chorou como criança"
Bíblia - O profeta Jeremias chorou aos pés do Senhor como uma criança, isso quer dizer que o coração de uma criança é puro e para estar diante de Deus todos precisam ter um.
Maria - Que legal! Então todo mundo que faz a obra do Senhor tem que ser como uma criança.
Cássia - Logo todas as crianças podem fazer a obra do Senhor, pois seu coração é puro.
Bíblia - Mas existe mais algumas condições para que as crianças façam a obra do Senhor.
Maria - Eu pensava que não tinham restrições para isso.
Bíblia - Narradora nós podemos pular para o fim de nossa aventura.
Narradora - Não, só podem ir para os Evangelhos.
Maria - Então vamos logo.
Cássia - Vamos o mais rápido que pudermos.
Fecham-se as cortinas.
Cena 9 - Cenário: nuvens
Bíblia - Aqui iremos aprender quais a condições para que as crianças façam a obra do Senhor.
Cássia - Por que não tem pistas neste lugar? B.- Por que aqui é o último estágio da nossa viagem.
Maria - Como assim, nós não viajamos pela Bíblia toda coissíssima nenhuma, nós até pulamos algumas partes.
Bíblia - Você tem razão, mas os as últimas pistas serão dadas aqui e as demais vocês procurarão sozinhas.
Cássia - Mas como?
Bíblia - Assim que sairmos daqui você saberão como fazer isso.
Cássia - Se é você quem diz...
Bíblia - Para que todas as crianças possam fazer a obra do Senhor, antes de qualquer coisa elas têm que aceitar a Jesus como seu Salvador, pois na Bíblia está escrito "todos pecaram, e precisam da glória de Deus", portanto antes de obedecer, agradar confiar, ouvir o conselho dos pais e ser humilde diante do Senhor, a criança, como qualquer pessoa tem que aceitar a Jesus, para que possam ser perdoados os seus pecados e para que se possa ir morar com Jesus no céu...
Fecha-se as cortinas.
Cena 10 - Cenário: Mesa de café da manhã
Dona Diva - Maria, Cássia o café tá pronto, vem tomar pra depois a gente ir pra casa da vovó.
Maria - Ah, mãe; a gente tá de férias, por que nós temos que acordar cedo?
Cássia - Olha Maria, ali na mesa...
Maria - A Bíblia...
Dona Diva - Que deu em vocês?
Cássia - Nós podemos continuar a procurar as pistas.
Maria - É! Vamos tomar café e depois a gente continua a nossa aventura.
Dona Diva - Vocês sonharam o mesmo sonho?
Maria - É mesmo Cássia!
Dona Diva - Posso depois saber como foi esse sonho?
Cássia - Claro mãe, quem sabe a senhora não dá uns conselhos para a gente.
Fecham-se as cortinas; Maria fica, monologando.
Maria - Quiser aceitar a Jesus a oportunidade será dada. Se você pensa que criança ou adolescente não pode fazer a obra do Senhor está muito enganado, pois você pode falar de Jesus aos seus amigos, colegas de classe, na condução...
Cássia - Só a voz - Vamos logo Maria.
Maria - É isso aí! Fiquem na paz!
Fecham-se as cortinas
Fim

TEATRO - O LIVRO COLORIDO

DIRIGENTES 1 e 2  – vestido de blusa branca, com pedaços de tecidos de todas as cores apresentadas (dourado, preto, vermelho e verde)
Iremos contar a historia de um livro
Mas de um livro diferente...
Um livro sem palavras
Este livro tem paginas coloridas
E cada página nos diz algo lindo
Geralmente quando lemos um livro começamos pela frente, não é mesmo?
Mas com este livro vamos começar com a ultima pagina
Para saber logo o final da história
E esta historia termina Maravilhosamente!
TERMINA NO CÉU!
 
PAGINA DOURADA
 
O CÉU É PRA ONDE EU QUERO IR
O CÉU É PRA ONDE EU VOU
 
Eu não posso lhe dizer como o céu é lindo
Mas há um versículo da palavra de Deus que nos da um idéia
Apocalipse capitulo 21 versículo 21 diz:
 “E as doze portas eram doze perolas e a praça da cidade é de ouro puro!”
  Ah, mais do que isto:
O céu é um lugar de alegria
Lá ninguém fica doente
Lá não existe dor, nem sofrimento, nem tristeza
Melhor ainda: ninguém morre
  “Porque Deus enxugara dos olhos toda a lagrima e a morte já não existira
já não haverá luto, nem pranto, nem dor”
  Somente Deus poderia criar um lugar tão maravilhoso
Na  casa de meu pai há muitas moradas
  Deus te ama!
Deus quer te salvar!
 
 
PAGINA PRETA
 
QUANDO JESUS ESTENDEU SUA MÃO
QUANDO ELE ESTENDEU SUA MÃO PARA MIM
  Olhei em minha volta um dia e só vi desilusões
Somente a morte, a guerra, a dor
Na terra só destruição
Por causa do pecado que faz a separação
Separação entre Deus e os homens
  Pense então: Deus quer que cada um de nos vá para o céu
Mas a palavra de Deus nos diz que se há pecado em nossos corações
Este no impede de entrar no céu
  Mas escute:
Deus tem boas novas para você:
“Cristo escolheu os cravos, morreu pelos nossos pecados,
ressuscitou e vivo está!” Aleluia!
 
PAGINA VERMELHA
 
MATARAM JESUS O FILHO DE DEUS
COLOCARAM EM UMA CRUZ, COMO ELE SOFREU
  A bíblia nos fala que o sangue de Jesus, filho de Deus
Nos purifica de todo o pecado
  Como é maravilhoso saber que Deus nos ama tanto
Que deu seu único filho para ser o nosso Salvador
  Jesus, o que não conheceu o pecado
Se fez pecado por nos
Os cravos que feriram o corpo do Senhor
Eram meus, eram seus
Mas Ele escolheu morreu em nosso lugar... (pequena pausa)
  Mas ressuscitou!!!
E hoje salvo estou, curado estou, vitorioso sou!
  Jesus esta dizendo:
Eis que estou a porta do seu coração e bato
Se você ouvir a minha voz e me deixar entrar
Ficarei contigo para sempre
 
  PAGINA VERDE – entra com a bíblia na mão com gestos de adoração
  SENHOR ESTOU AQUI PARA TE ADORAR
EM TUA PRESENÇA DESEJOS ESTAR
  A pagina verde nos fala da nova vida que recebemos
Quando aceitamos a Jesus como nosso Salvador
  Porque quem crer no filho de Deus tem a vida eterna
  Porque todo aquele que renunciar tudo que o mundo tem a ofertar
Por amor de Cristo, este será salvo
  Com cristo viveremos uma nova vida:
Vida de paz
Vida de alegria
Vida de fé
  E esta nova vida
Precisa ser alimentada
Com leitura da palavra
E com oração
  E ao que vencer o Senhor Jesus
Dara a coroa da vida
  E tem mais:
O Senhor estará conosco todos os dias
Ate a consumação do séculos.
Amém!
 
 
DIRIGENTE 2  - vestido de blusa branca, com pedaços de tecidos de todas as cores apresentadas (dourado, preto, vermelho e verde)
  Então, vocês gostaram do livro?
  Essa é a mais bela historia de amor que já se escreveu:
O AMOR DE DEUS
  Não havia nada em nos para que Ele nos amasse, mas
Jesus escolheu nos amar!
E entregou sua vida pra nos salvar!
  A cruz, os cravos eram nossos
Mas  Cristo  fez sofreu toda essa dor 
  E hoje te oferece uma nova vida
Vida de alegria aqui na terra
E vida eterna no céu
  E ao que vencer ainda entregara a coroa da vida
Coroa que esta reservado aos que o amam
Jesus te ama
Renda-se a esse amor!

TEATRO - LEILÃO DE UMA ALMA

Grupo Teatral Evangelizarte
LEILOEIRO – SENHORAS E SENHORES, VAMOS DAR INÍCIO A MAIS UM LEILÃO DE ALMAS. NO PRIMEIRO LOTE, NÓS TEMOS UMA PEÇA RARA E DE GRANDE VALOR. ESSA ALMA PERTENCE A UMA PESSOA COMUM, COMO EU E VOCÊ, MAS NÃO SE ENGANE, POR TRAZ DE UMA PESSOA COMUM, INDEPENDENTE DELA SER UM GRANDE EMPRESÁRIO OU UM MÍSERO MENDINGO, EXISTE UMA ALMA DE VALOR INESTIMÁVEL, COMO ESSA! SEM DUVIDA É UMA PEÇA DE COLECIONADOR, PARA AS PESSOAS DE FINO TRATO E MUITÍSSIMO BOM GOSTO. AQUELE QUE ARREMATÁ-LA NÃO IRÁ SE ARREPENDER, POIS ESSA ALMA ALÉM DE NÃO SE DESVALORIZAR, É ETERNA! MUITO BEM, ALGUÉM GOSTARIA DE SE ARRISCAR A DAR O PRIMEIRO LANCE? ALGUÉM SE HABILITA?
BEBIDA – EU!
LEILOEIRO – E QUEM É VOCÊ, E QUAL É O SEU LANCE?
BEBIDA – EU SOU A BEBIDA, E TENHO A OFERECER A ESSA ALMA, A ALEGRIA DE UM COPO.
LEILOEIRO – MAIS ISSO É MUITO POUCO POR UMA PEÇA TÃO VALIOSA, VOCÊ NÃO TEM MAIS NADA A OFERECER?
BEBIDA – MAIS É CLARO QUE TENHO! O ÁLCOOL É UM DOS MAIORES PRAZERES QUE O SER HUMANO PODE DESEJAR NESSES DIAS DE MISÉRIA. EU FAÇO O HOMEM ESQUECER AS TRISTEZAS, AS DESILUSÕES, AS INSATISFAÇÕES E TUDO QUE O PREOCUPA. QUANDO ELE ESTÁ AFLITO, EU SOU A FUGA, QUANDO HÁ DOR, EU SOU O ALÍVIO, QUANDO HÁ ANGUSTIA, EU SOU A ALEGRIA!
RELIGIÃO – É MENTIRA! VOCÊ TEM DESTRUÍDO FAMÍLIAS, ESPOSAS E MARIDOS TÊM BRIGADO POR SUA CAUSA. AS CRIANÇAS ESTÃO INFELIZES SEM SEUS PAIS NOS FINAIS DE SEMANA, EMBREAGADOS POR VOCÊ, HOMENS ESTÃO MATANDO POR NADA! ENQUANTO OUTROS PERDERAM TUDO QUE TINHAM, GRAÇAS A VOCÊ!
BEBIDA – HEI, PERAÍ! EU NÃO ANDO DE PORTA EM PORTA OFERECENDO MEUS SERVIÇOS! AS PESSOAS É QUE ME PROCURAM, ALIÁS,
 SÓ SE LEMBRAM DE MIM QUANDO PRECISAM, QUANDO QUEREM SE ALEGRAR, QUANDO QUEREM UM ALÍVIO, OU QUANDO OS SEUS ORGANISMOS IMPLORAM A MINHA PRESENÇA, VOCÊS DEVERIAM ME DAR UM PRÊMIO PELO BEM QUE EU FAÇO A HUMANIDADE! TÁ PENSANDO QUE É FÁCIL FAZER ALGUÉM ESQUECER SEUS PROBLEMAS? NÃO É FÁCIL NÃO! MAS EU CONSIGO! BEM, PELO AO MENOS POR ALGUM TEMPO...
DINHEIRO - É? MAS E DEPOIS? E QUANDO O EFEITO PASSA? OS PROBLEMAS CONTINUAM LÁ PARA SEREM RESOLVIDOS! NA DESESPERADA BUSCA DE ALÍVIO, AS PESSOAS SE ENTREGAM A VOCÊ DE CORPO E ALMA, E SE ESQUECEM DE VIVER!
BEBIDA – O QUE EU POSSO FAZER SE ELAS NÃO SE CONTENTAM COM O PRIMEIRO GOLE? QUALQUER COISA EM DEMASIA FAZ MAL, E EU NÃO FUJO A REGRA!
LEILOEIRO – É DONA BEBIDA, O SEU LANCE NÃO FOI SUFICIENTE, ALGUÉM DÁ MAIS?
FAMA – EU DOU O LANCE MAIOR!
LEILOEIRO - E OQUE VOCÊ TEM O OFERECER?
FAMA – EU SOU A FAMA, E DOU STATUS AS PESSOAS QUE ME TÊEM. MUITOS ME QUEREM POR PERTO, E ATRAVÉS DE MIM SÃO CONHECIDAS NO MUNDO INTEIRO. EU OFEREÇO A ESSA ALMA, UMA PASSAGEM AO TOPO DA FAMA. VOCÊ TERÁ MUITOS AMIGOS, PUBLICIDADE, SEU ROSTO APARECERÁ EM OUTDOORS, EM CAPA DE REVISTAS! NÃO É QUALQUER UM QUE PODE TER O SEU NOME ESCRITO NO HALL DA FAMA, ALGUNS CHEGAM A VENDER-SE AO DIABO PRÁ ISSO! MAS EU ESTOU AQUI, TE OFERECENDO TUDO ISSO, DE MÃO BEIJADA!
DROGA – AH É? E O QUE VOCÊ ME DIZ DE MARILYN MONROE, QUE NO AUGE DA FAMA SE SUICIDOU? OS FALSOS AMIGOS, AS CAPAS DE REVISTAS, A PUBLICIDADE, NADA DISSO FOI SUFICIENTE PARA ALIVIAR A DOR QUE ELA SENTIA. O QUE ELA PRECISAVA VOCÊ NÃO CONSEGUIU, NEM TEM PRA DAR!
FAMA - ORA, TUDO TEM SEU PREÇO, ELA QUERIA FAMA E EU DEI, SE ELA NÃO FOI CAPAZ DE PAGAR O PREÇO, A CULPA NÃO É MINHA.
LEILOEIRO – SINTO MUITO, MAS VOCÊ ESTA OFERECENDO MUITO POUCO PARA O QUE ELA REALMENTE VALE. ALGUM OUTRO LANCE?
SEXO - EU!
LEILOEIRO – E VOCÊ, QUEM É?
SEXO – E VOCÊ AINDA PERGUNTA? NÃO ESTA VENDO QUE EU SOU O SEXO? EU TENHO A OFERECER A ESTA ALMA, MUITO MAIS DO QUE UMA AVENTURA. POSSO LHE OFERECER OS PRAZERES CARNAIS: LUXÚRIA, ORGIAS E MUITO MAIS! EU DAREI A ELA UMA PASSAGEM PARA UM PARAÍSO DE DELÍCIAS INTERMINÁVEIS, EU A TRANSFORMAREI NUM SEX SIMBOL! ELA SERÁ COBIÇADA POR MUITOS HOMENS, COM SEU CORPO E A MINHA AJUDA, PODERÁ FICAR RICA NUM PISCAR DE OLHOS, UNINDO O ÚTIL AO AGRADÁVEL.
BEBIDA – ESPERA AÍ! A QUEM VOCÊ ESTÁ QUERENDO ENGANAR? TODOS NÓS SABEMOS QUE OS SEUS ADEPTOS SÃO REJEITADOS PELA SOCIEDADE!
SEXO – CRIANÇA... A SOCIEDADE QUE NOS REJEITA, COM SEU DISCURSO MORALISTA, É A MESMA SOCIEDADE QUE NOS USA, EM LARGA ESCALA, ÀS ESCONDIDAS, TOLINHO...
BEBIDA – E O QUE VOCÊ ME DIZ DAS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR VOCÊ? MUITAS DAS PESSOAS QUE SE ENTRAGAM A VOCÊ, ACREDITANDO NESSE SEU CONTO DE FADAS, ESTÃO A BEIRA DA MORTE, SENDO CONSUMIDAS PELA AIDS, PEDINDO A DEUS QUE ALGUM CIENTISTA DESCUBRA A CURA PARA ESSE TERRÍVEL MAL.
SEXO – EU UNO O ÚTIL AO AGRADÁVEL, MAS TEM QUE SABER ME USAR, AS PESSOAS QUEREM PRAZER, E O SEXO, E O MELOR QUE EXISTE!
LEILOEIRO – É O SEU LANCE TAMBÉM NÃO FOI SUFICIENTE. ESTA ALMA PRECISA DE ALGO MAIS REAL, E MENOS PERIGOSO. MAIS ALGUÉM QUER SE ARRISCAR?
DINHEIRO – EU SOU O DINHEIRO, E POSSO COMPRAR QUALQUE COISA! COMO A BEBIDA, FAMA, SEXO, E TUDO MAIS QUA ESSA ALMA DESEJAR. QUEM TEM DINHEIRO TEM PODER, E NÃO HÁ NADA MAIS PRAZEROSO DO QUE TER O PODER NAS MÃOS. SER O SENHOR, VER AS PESSOAS AOS SEUS PÉS COMO MÍSEROS MORTAIS, E VOCÊ, SOBERANO, VENERADO COMO UM DEUS!
DROGA – QUE HISTÓRIA É ESSA? TODO MUNDO SABE QUE O DINHEIRO NÃO PODE COMPRAR FELICIDADE! QUANTAS PESSOAS SE JOGAM DO ALTO DE SUAS LUXUOSAS COBERTURAS PARA A MORTE? O QUE AS LEVOU A FAZER ISSO? O QUE LHES FALTAVA? GARANTO QUE NÃO ERA DINHEIRO! E QUANTO AO PODER? O PODER CORROMPE, ENLOUQUECE, COMO MONSTROS.
LEILOEIRO - POR FAVOR, MANTENHAM A CALMA! O SENHOR ME DESCULPE, MAS O SEU LANCE NÃO FOI SATISFATÓRIO. ALGUM LANCE MAIOR?
DROGA – O MEU LANCE É MAIOR! ESSA ALMA PRECISA DE LIBERADE, CONHECER OUTROS MUNDOS, ELA ESTA PRECISANDO RESPIRAR OUTROS ARES! E NADA MELHOR DO QUE EU, COMO PASSAPORTE PARA ESSA VIAGEM.
LEILOEIRO – E QUEM É VOCÊ? ALGUM AGENTE DE VIAGEM? 
DROGA – DE CERTA FORMA! MEU NOME É DROGA, MAS MUITOS ME CONHECEM COMO COCAÍNA, COLA, CRACK, ÊXTASE, MACONHA E POR AÍ AFORA. MAS ISTO NÃO IMPORTA, O IMPORTANTE É QUE EU TENHO A OFERECER A ESSA ALMA, UMA VIAGEM DO DESCONHECIDO, ELA VAI SE SENTIR CAPAZ DE QUALQUER COISA, VAI TER CORAGEM PARA TUDO! E PARA ESSA VIAGEM, NADA MELHOR QUE UM PICOZINHO NA VEIA, OU UM POZINHO PARA ABRIR SEUS HORIZONTES.
SEXO – DEIXA DE MENTIRAS! VOCÊ SÓ PRODUZ FRACASSADOS, DEPOIS QUE O SEU EFEITO PASSA, AS PESSOAS CAEM NUM VAZIO TÃO GRANDE QUE A ÚNICA COISA QUE ELAS QUEREM VER PELA FRENTE É MAIS UMA DOSE, E NÃO SE DÁ CONTA DE QUE ELAS AO INVÉS DE DIMINUIR, ESSE VAZIO SÓ AUMENTA. VOCÊ APRISIONA AS PESSOAS DE UMA TAL FORMA, QUE ELAS SÃO CAPAZES DE FAZER QUALQUER LOUCURA POR MAIS UMA DOSE.
DROGA – MAS O QUE É ISTO? A CADA DIA QUE PASSA, MAIS E MAIS PESSOAS ESTÃO SE UNINDO EM FAVOR DA LAGALIZAÇÃO DO MEU USO. E NÃO SÃO SÓ OS JOVENS, MUITA GENTE DE NOME E DA SOCIEFADE ME USA COM A MAIOR NATURALIDADE, E VOCÊ AINDA QUE FAZER PARTE DO TIME DO CONTRA? SE AS PESSOAS ME PROCURAM TANTO, É PORQUE ALGUMA COISA DE BOM EU DEVO TER!
SEXO – VOCÊ SÓ PROPORCIONA VIAGENS SEM VOLTA! O QUE VOCÊ ME DIZ DO ELVIS PRESLEY? ELE TINHA TUDO O QUE QUERIA, FOI SÓ UM POUQUINHO ALÉM DA CONTA, E FOI FATAL! VOCÊ ACABOU COM A VIDA DELE, E TODAS AS PESSOAS QUE SE PRENDEM A VOCÊ TEM O MESMO DESTINO.
LEILOEIRO - É VERDADE! SEU LANCE FICOU MUITO ALÉM DO NECESSÁRIO. SERÁ QUE NINGUÉM VAI CONSEGUIR DAR UM LANCE CAPAZ DE ARREMATAR ESSA ALMA?
RELIGIÃO – EU DOU O LANCE MAIOR!
LEILOEIRO – E O QUE VOCÊ TEM A OFERECER A ESTA ALMA?
RELIGIÃO – BOM, PARA INÍCIO DE CONVERSA, EU SOU A RELIGIÃO, E A MINHA OFERTA É DAR A ESSA ALMA TÃO PRECIOSA, UM ESPÍRITO MAIS ELEVADO, TRANSFORMÁ-LA EM UM ESPÍRITO DE LUZ, PARA QUE ELA POSSA GUIAR OUTRAS ALMAS, MENOS ILUMINADAS, PARA O CAMINHO. SABE, TODA RELIGIÃO É BOA, ALGUMA MAIS LIBERAL, OUTRA MAIS FECHADA, MAS TODAS SÃO BOAS. NÃO IMPORTA A QUE RELIGIÃO VOCÊ PERTENCE, O IMPORTA É QUE VOCÊ ESTEJA LIGADA A ALGUMA. PORQUE SÓ A RELIGIÃO PODE SALVAR O HOMEM, ELEVAR O SEU ESPÍRITO ATÉ DEUS. NÃO IMPORTA QUAL. AFINAL, TODOS OS CAMINHO LEVAM A VENDA! NÃO É VERDADE?
DINHEIRO – MAS SE TODA RELIGIÃO É BOA, E SE TODOS OS CAMINHOS LEVAM A DEUS, O BRASIL, POR TER MUITAS RELIGIÕES, DEVERIA SER O PAÍS MAIS ABENÇOADO DO MUNDO, E NO ENTANTO O QUE SE VÊ É DOR, SOFRIMENTO, VIOLÊNCIA, MORTE! COMO VOCÊ EXPLICA ISSO?
RELIGIÃO – ORA, CADA UM TEM A SUA MISSÃO, TEM O SEU DESTINO, UM NASCE PARA SOFRER, ENQUANTO O OUTRO RI. SE VOCÊ FAZ COISAS BOAS, VOCÊ RECEBE COISAS BOAS, MAS DE VOCÊ CULTIVA PENSAMENTOS NEGATIVOS E ATITUDES NEGATIVAS, VOCÊ VAI RECEBER COISAS MÁS! É A LEI DA AÇÃO E REAÇÃO! A RELIGIÃO TEM O PODER DE ESTIMULAR O INDIVÍDUO A PRÁTICA DE BOAS AÇÕES, CARIDADE PARA QUE O SEU ESPÍRITO POSSA CHEGAR AO GRAU MÁXIMO DE EVOLUÇÃO! E O QUE É MELHOR, EM ALGUMAS RELIGÕES, VOCÊ VAI PODER ELEVAR O SEU ESPÍRITO ATÉ O SUPREMO ARQUITETO, E AINDA, VAI APRENDER A USUFRUIR, COM MODERAÇÃO, É CLARO, DOS PRAZERES DA VIDA: A BEBIDA, O DINHEIRO, O SEXO, A FAMA, E ATÉ O VÍCIO, E PORQUE NÃO? SÓ A RELIGIÃO PODE LIBERTAR O HOMEM!
FAMA – MAS O QUE É ISSO? VOCÊ CAIU EM CONTRADIÇÃO! COMO PODE A RELIGIÃO LIBERTAR O HOMEM, SER A ÚNICA MANEIRA DE SALVAR A SUA ALMA, SE A RELIGIÃO OS APRISIONAM? COMO ALGUÉM PODE SER LIVRE, SE ESTIVER PRESO AO DINHEIRO, AO SEXO, AS DROGAS E A TODAS ESSAS COISAS QUE SÓ SERVEM PARA DESTRUIR SUA VIDA? NÃO ESTOU DIZENDO QUE TODAS ESSAS RELIGIÕES SEJAM ASSIM, MAS UMA RELIGIÃO COMO A QUE VOCÊ APRESENTOU NÃO PODE SER BOA PARA NINGUÉM! E MUITO MENOS PODERÁ APROXIMAR ALGUÉM DE DEUS!
LEILOEIRO – ELE TEM RAZÃO! SEU LANCE FOI MUITO ABAIXO DO VERDADEIRO VALOR DESSA ALMA! ALIÁS, NEM SE JUNTÁSSEMOS OS LANCES DA BEBIDA, DA FAMA, DO SEXO, DO DINHEIRO, DAS DROGAS E DA RELIGIÃO, AINDA ASSIM, NÃO SERIA SUFICIENTE PARA PAGAR POR ELA! ESSA ALMA ESTÁ MUITO ALÉM DE SUAS POSSES. PARA ARREMATAR ESSA ALMA, É NECESSÁRIO PAGAR UM ALTÍSSIMO PREÇO, E REALMENTE, NÃO ACREDITO QUE TENHA ALGUÉM AQUI QUE POSSA PAGÁ-LO! FICA NO AR A PERGUNTA: QUEM PODERÁ PAGAR O PREÇO JUSTO POR ESSA ALMA? QUEM PODERÁ PAGAR O PREÇO?
CRISTÃO - O PREÇO JÁ ESTÁ PAGO! JESUS MORREU NA CRUZ POR ESTA ALMA! E HOJE ELE QUER TE LIBERTAR! VOCÊ QUER SER LIVRE?
(O CRISTÃO CONTINUA COM UMA PREGAÇÃO...).

CONSELHOS PARA CASAIS

01 Nunca fiquem ambos zangados ao mesmo tempo
02 Nunca lance em rosto um ao outro um erro do passado
03 Nunca se esqueçam das horas felizes de quando começaram a se amar
04 Nunca se encontrem sem um termo bem vindo
05 Nunca usem indiretas, quer estejam sozinhos ou em presença de outros
06 Jamais grite um com o outro, a não ser que a casa esteja pegando fogo
07 Procure cada um se esforçar ao máximo para estar de acordo com os desejos do outro
08 Seja a renúncia de si mesmo o alvo e a prática de cada dia
09 Nunca deixem o sol se pôr sobre qualquer zanga ou ressentimento; melhor mesmo é não zangar-se!
10 Jamais dêem ensejo a que um pedido razoável tenha de ser feito duas vezes
11 Nunca façam um comentário em público, que possa magoar o outro Pode parecer engraçado, às vezes, mas fere
12 Nunca suspirem pelo que poderia ter sido, mas tirem o melhor partido daquilo que é
13 Não censurem nunca, a não ser que tenham a certeza de que uma falta foi cometida, e mesmo assim falem sempre com amor
14 Jamais se separem sem palavras amáveis, nas quais pensem enquanto separados. Breves palavras proferidas na manhã preenchem um longo dia
15 Não deixem que nenhuma falta cometida fique sem ser confessada e perdoada
16 Não se esqueçam que o lugar mais próximo do céu na terra é aquele em que duas almas se tornam rivais no altruísmo
17 Não fiquem satisfeitos enquanto não tiverem certos de que estão ambos trilhando o caminho estreito e reto, um ajudando o outro
18 Jamais se esqueçam que o casamento foi estabelecido por Deus e que só a sua benção pode torná-lo o que deve ser
19 Não permitam que esperanças terrenas os distanciem do lar eterno
20 Jamais deixem de regar o amor com muito carinho e afeto

INSTRUMENTOS MUSICAIS - PASSO A PASSO

GINCANA - O quanto sabemos sobre isso?”

Cada grupo receberá a mesma palavra ou expressão e
terá 5 minutos para escrever o maior nú me -
rode versículos (deve ser escrito na íntegra)
com a respectiva referência. Ganhará o gru -
po que conseguir listar o maior número de
ver sículos corretamente (texto escrito e a re -
ferência bíblica).
• Tempo sugerido: 5 minutos.

Sexo - O que a Bíblia diz? PARA SER DADO PARA ADOLESCENTES E JOVENS

Quando abordamos a questão da sexualidade humana, como cristãos, temos, em primeiro lugar, que recorrer à Bíblia.Embora a mensagem da Bíblia seja a de mostrar o eterno amor de Deus, demonstrado na pessoa de Jesus, a Palavra de Deus nos dá parâmetros para que vivamos neste mundo de forma que honre o nome do Evangelho e venhamos a viver, inclusive nossa sexualidade, dentro dos planos traçados por Deus.
A Bíblia não é um 'guia sexual', mas com certeza tem muito a nos ensinar nesta área.
Vamos ver alguns aspectos relacionados a este assunto.
Pergunta 1-Quando sexo é pecado?
"Geralmente, se ouve que há entre vós fornicação e fornicação tal, qual nem ainda entre os gentios como é haver quem abuse da mulher de seu pai". (1 Co 5).
"Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula, pois aos devassos e adúlteros Deus os julgará"(Hb 13.4). A relação sexual ENTRE NÃO CASADOS é pecado, ainda que sejam namorados, noivos ou comprometidos. O ADULTÉRIO, proibido pelo sétimo Mandamento (Êx 20.14), abrange os vários tipos de imoralidade e pecados sexuais. Homens e mulheres, adolescentes, jovens e adultos, devem permanecer puros, abstendo-se de qualquer atividade sexual que não seja no compromisso do matrimônio. “Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo, mas o que se prostitui peca contra seu próprio corpo” . (1 Co 6.18).
Deus criou o sexo como parte do casamento. A Bíblia diz em 1 Coríntios 7:5 “Não vos negueis um ao outro, senão de comum acordo por algum tempo, a fim de vos aplicardes à oração e depois vos juntardes outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.” Homens e mulheres, da Igreja de Cristo, devem permanecer castos, livres da impureza sexual, até o casamento. Sei que essas palavras soam como uma aberração nos ouvidos da maioria. As palavras do destemido João Batista também soaram esquisitas aos ouvidos do rei Herodes: “Não te é lícito possuir a mulher do seu irmão Filipe” (Mt 14.3-4). O precursor de Jesus foi encarcerado e perdeu a vida, mas cumpriu a missão de anunciar a verdade, sem recuo, sem medo, sem fraqueza, sem covardia.
Deus recomenda que o ato sexual seja praticado entre casados. “A imoralidade e a impureza sexual não somente incluem o ato sexual ilícito, mas também qualquer prática sexual com outra pessoa que não seja seu cônjuge. O adultério, a fornicação, o homossexualismo, os desejos impuros e as paixões degradantes são pecados graves aos olhos de Deus por serem transgressões da lei do amor” Vejam as advertências:
“Qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela” (Mateus 5.28).
“Esta é a vontade de Deus para vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra; não no desejo da lascívia, como os gentios, que não conhecem a Deus” (1 Ts 4.3-5).
“Portanto, deixará o varão o seu pai e a sua mãe e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne” (Gn 2.24). O sexo é permitido, então, somente quando ambos, homem e mulher, estão unidos pelo matrimônio, formando uma só carne.
“Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas...herdarão o reino de Deus” (1 Co 6.9). “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação”(Lv 18.22; 20.13).
Lemos em Romanos 1:24 e 26 : “Pelo que também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si. Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram ao uso natural, no contrário à natureza.”
Devemos esclarecer que Deus não é contra o sexo normal Devemos esclarecer que Deus não é contra o sexo normal, dentro das fronteiras sagradas do matrimônio, mas há limites.
Aqui está resumidamente a lista do que Deus condena de maneira absoluta e inegociável:
1. Deus é contra a pederastia, o lesbianismo, a pedofilia (sexo com crianças). Lev. 18: 22 . “Com varão não te deitarás, como se fosse mulher. Abominação é.”
2. Deus é contra a prostituição . I Tess. 4:3. “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação, que vos abstenhais de prostituição.” Não haverá prostitutas dentre as filhas de Israel.”Deut.23:17.
3. Deus é contra a bestialidade . “Não te deitarás com um animal, para te contaminares com ele, nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele : é confusão.” Lev. 18:23.
4. Deus é contra o incesto, isto é, união sexual com parentes chegados : pai, mãe, madrasta, padrasto, irmão, irmã, tios, noras, genros, sogros, netos, (ler Lev.18).
5. Deus é contra o adultério. “Não adulterarás.” (Êxo.20:14. Ler ainda Mat.5:27 e 28).
6. Deus é contra o estupro. (Ler Deut. 22:25-29).
7. Deus é contra a fornicação. (Ler Apoc. 21:8).
8. Deus é contra a lascívia. “Mas, as obras da carne são.... lascívia significa: sensualidade, imoralidade, libidinagem, licenciosidade, impudícia.”
9. E finalmente Deus é contra os abusos e fantasias sexuais anormais, como já foi exposto.

Pergunta 2-Por que é tão importante que Jesus tenha nascido de uma virgem (nascimento virginal)? Resposta: A doutrina do nascimento virginal é de importância crucial (Isaías 7:14; Mateus 1:23; Lucas 1:27,34).
Primeiramente, vamos examinar como as escrituras descrevem este evento abençoado. Em resposta à indagação de Maria, “como?”, diz Gabriel: “Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra...” (Lucas 1:35). Com estas palavras, o anjo encoraja José a se casar com Maria: “o que nela está gerado é do Espírito Santo” (Mateus 1:20). Mateus afirma que a virgem “achou-se ter concebido do Espírito Santo” (Mateus 1:18). Gálatas 4:4 também ensina sobre o nascimento virginal: “Deus enviou seu Filho, nascido de mulher.”
Por estas passagens, certamente fica claro que o nascimento de Jesus foi resultado da atuação do Espírito Santo dentro do corpo de Maria. O imaterial (o Espírito) e o material (o útero de Maria) foram ambos envolvidos. Maria, é claro, não poderia ter engravidado sozinha, e neste sentido, foi simplesmente um “receptáculo”. Somente Deus poderia fazer o milagre da Encarnação. Negar uma conexão física entre Maria e Jesus seria sugerir que Jesus não foi verdadeiramente humano. As Escrituras ensinam que Jesus foi totalmente humano, com um corpo físico, assim como o nosso. Isto Ele recebeu de Maria. Ao mesmo tempo, Jesus era totalmente Deus, com uma natureza eterna e sem pecado. Veja João 1:14; I Timóteo 3:16; Hebreus 2:14-17. Jesus não nasceu em pecado, ou seja, Ele não possuía natureza pecaminosa (Hebreus 7:26). Poderia parecer que a natureza pecaminosa é passada de geração a geração através do pai (Romanos 5:12, 17, 19).O fato de ter nascido de uma virgem frustrou a transmissão da natureza pecaminosa e permitiu que o eterno Deus se
tornasse um homem perfeito.

Pergunta 3-Quando a Bíblia fala a respeito da virgindade, ela se dirigi ao homem também?
Resposta : sim. Se analisarmos as Escrituras Sagradas, veremos o apóstolo Paulo dirigindo-se aos homens solteiros, no capítulo 7, respectivamente nos versículos 1e 8 na carta aos
Corintios:?...,é bom que o homem não toque em mulher; más por causa da impureza cada um tenha a sua própria esposa; bom seria se os solteiros e viúvos fossem como eu, todavia aos que não conseguem dominar-se, bom é que se casem, pois é melhor casar do que se abrasar?. Entendemos que Paulo exorta o homem solteiro a cuidar das coisas que pertencem ao Santuário de Deus, como também ele mesmo o fez, todavia se for para o homem andar em fornicação, prostituição, antes, seja melhor casar-se e ter uma esposa, pois é melhor casar do que se abrasar. Tanto na época em que Paulo escreve aos Corintios como nos dias de hoje, muitas pessoas acham que podem andar em adultério, fornicação e continuarem a oferecer sacrifícios agradáveis a Deus, e o Senhor Jesus os receber.Todavia a fornicação, a impureza e o adultério fazem partes das obras da carne, como está registrado na carta aos Gálatas, no capítulo 5: ?Andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.

A respeito das quais eu (Paulo escreve inspirado pelo Espírito Santo de Deus) vos declaro, como já outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam?.

Pergunta 4: "O que diz a Bíblia sobre a pornografia? Olhar pornografia é pecado?
Resposta: A pornografia é simplesmente o primeiro passo em uma escorregadia ladeira de iniqüidade e imoralidade (Romanos 6:19). Assim como um usuário de drogas é levado a consumir quantidades maiores e mais poderosas de drogas, a pornografia arrasta o ser humano, levando-o a pesados vícios sexuais e desejos ímpios. As três categorias principais de pecado são: a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida (I João 2:16). A pornografia definitivamente nos causa a luxúria (iniqüidade) da carne, e isto inegavelmente é a luxúria (iniqüidade) dos olhos. A pornografia, definitivamente, não se qualifica como uma das coisas nas quais devamos pensar: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4:8). A pornografia é viciante (I Coríntios 6:12; II Pedro 2:19), destrutiva (Provérbios 6:25-28; Ezequiel 20:30; Efésios 4:19), e leva à iniqüidade sempre crescente (Romanos 6:19). Desejar outras pessoas em nossa mente (a essência da pornografia) é ofensivo a Deus (Mateus 5:28). Quando a habitual devoção à pornografia caracteriza a existência, isto demonstra que esta pessoa não é salva (I Coríntios 6:9).
Pergunta 5-O Que Diz a Bíblia sobre Homossexualismo?
Todos somos tentados por desejos de coisas que Deus proibiu (Tiago 1:14-15). Eva desejou o fruto proibido no Éden (Gênesis 3:6). Algumas pessoas desejam ganho desonesto (Tito 1:7). Alguns homens desejam as esposas de outros (Mateus 5:28). Algumas pessoas desejam outras do mesmo sexo Gênesis 19:4-5). Mais tarde, com a queda humana, homem e mulher começaram, como todos nós sabemos, a se distanciar dos planos de Deus, em todas as áreas da vida, incluindo em relação à sexualidade.
Conforme os relatos bíblicos, os pecados sexuais começaram a aparecer nas relações humanas. O primeiro deles, foi a poligamia (Gn 4.19). Posteriormente, Deus ao dar as leis ao seu povo, incluiu seu desagrado em relação à união sexual com pessoas do mesmo sexo, que é o homossexualismo (Lv 18.22; Rm 1.26,27) e com animais, que se dá o nome de bestialidade (Lv 18.23).
A Palavra de Deus se refere a essas práticas sexuais como abomináveis (Lv 18.22b).
O homossexualismo é assim denunciada por Paulo: “Por causa do que essas pessoas fazem, Deus as entregou às paixões vergonhosas. Pois até as mulheres trocam as relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens têm relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmos o castigo que merecem por causa da sua maldade” (Bíblia na Linguagem de Hoje, Rm 1.26).
Pergunta 6-O que a bíblia diz sobre masturbação?
Resposta: O Dicionário Aurélio define como: “Provocar o orgasmo pela fricção da mão ou por meio de instrumento próprio; vício solitário; auto-erotismo.”
Na Bíblia não há referências condenatórias diretas a esta prática. No entanto, toda as formas de lascívia são condenadas. O ato da masturbação envolve todo um conjunto de fantasias eróticas e instrumentos próprios, em alguns casos, as revistas e filmes pornográficos são usados para despertar a sensualidade. Ao fazer uso desta pratica, abre-se a vida para o diabo agir, o Espírito de Deus se retira e a vida torna-se numa verdadeira desgraça. Ouça o que diz o Espírito de Deus: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição (relação sexual ilícita), impureza (no sentido moral: impureza proveniente de desejos sexuais, luxuria, vida devassa), lascívia (luxúria desenfreada, excesso, licenciosidade, libertinagem, caráter ultrajante impudência)...” Gl 5.19
As vezes, um bom teste para saber se algo é ou não pecado consiste em verificar se você ficaria orgulhoso de contar aos outros o que acabou de fazer. Se for algo do qual ficaria sem graça ou envergonhado se os outros descobrissem, muito provavelmente é pecado. Um outro bom teste é determinar se podemos, honestamente e de consciência limpa, pedir que Deus abençoe e use esta atividade em particular para Seus bons propósitos. Não creio que a masturbação esteja na categoria das coisas que possamos ter “orgulho” ou genuinamente agradecer a Deus. Veja mais: "Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” 1Co 6.18-20 “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação.” 1Ts 4.3-7
Irmãos amados sejam sensíveis à voz do Senhor e não permitam que vosso corpo seja desonrado pelas práticas e ações comuns unicamente aos filhos das trevas. Reflita em vossa vida a luz do Pai Eterno em meio a este povo escravizado por espíritos imundos.
Faça este teste bíblico no seu namoro Coríntios 13.4:8
Aplicação
O amor é paciente. Ele ou ela é paciente com você e vice-versa, não brigam ou tem muitas irritações, ira, raiva, etc.? O amor é benigno. Você sente que o outro quer exclusivamente seu bem e vice-versa, o namoro é bom, produz bem a vocês e aos outros? O amor não arde em ciúmes. Vocês tem muito ciúmes um do outro, não permitem outras amizades? Brigam por causa disto? O amor não se ufana. Ele ou ela fica contando vantagens porque lhe conquistou ou namora com você, como um troféu conquistado? O amor não se ensoberbece Será que um dos dois tem o amor soberbo, vaidoso, orgulhoso, sentindo-se melhor que os outros? O amor se conduz convenientemente. Um dos dois é de comportamento inconveniente, isto é, provoca situações embaraçosas entre os familiares, amigos ou mesmo quando estão à sós? O amor não procura seus interesses A pessoa que ama outra, nunca procura seus próprios interesses, levar vantagem sobre a outra, o melhor para si. O amor não se exaspera Você ou o outro é melindroso? Fica irritado, emburrado facilmente? Maltratam um ao outro? Se aborrecem sempre? O amor não se ressente do mal. Perdoa facilmente? Esquece mesmo? Não ficam emburrados? Não lembram brigas passadas, ciúmes, etc.? O amor não se alegra com a injustiça. Você fica alegre se o outro está em situação difícil? Faz comparações com outros? Justifica seus erros com as fraquezas da outra pessoa? O amor alegra-se com a verdade Custe o que custar, a verdade lhe trás alegria? Você encobre os erros de seu companheiro ou vice-versa? O amor tudo sofre. Vocês dois estão dispostos a sofrer um pelo outro, perseguições, renunciar um pelo outro os privilégios, etc.? O amor tudo crê Vocês confiam realmente no sentimento um do outro, ou são desconfiados, sem segurança, se vigiam? O amor tudo espera. Vocês esperaram a permissão dos pais, esperam o tempo certos para "os carinhos", o tempo certo para o casamento? O amor tudo suporta. O namoro suporta os obstáculos: distância, concorrência, a espera, o segundo lugar, etc.? O amor verdadeiro tem estas características, seja ele dirigido a Deus, a família, ao namorado ou ao próximo. Estude com seu ou sua namorada este texto bíblico e tire outras aplicações particulares para vocês dois. São quinze itens, se sua nota for menos que oito, é bom pensar em outro namoro.

FONTE: Igreja Assembleia de Deus Pentecostal Monte Sinai

VITORIA PROMETIDA - É IMPORTANTE CONFIAR EM DEUS

Texto: Leia e estude Juízes 6.1-40.
Ensino: É importante confiar em Deus.
Lição 1
AQUECIMENTO 2
Líder 1 é apresentado por outro líder como “Senhor
Vacilão”. Ele usa um chapéu e/ou roupas esquisitas.
Suas frases são desconexas, ele gagueja, está nervoso
e é desajeitado. O senhor Vacilão explica à classe que
foi convidado a substituir o professor. Ele não sabe
exatamente o que fazer e pergunta às crianças o que
elas normalmente fazem na escola bíblica. Ele não sabe
o que ensinar hoje; mexe e remexe nos bolsos e tira
algumas letras ou fotos amassadas e prende-as em
ordem errada no quadro-negro ou similar. Por exemplo:
LISARE. Com a ajuda dos alunos, coloca-as na ordem
certa: ISRAEL. O senhor Vacilão prossegue com
dificuldade. Líder 2 intervém.
A história bíblica de hoje é sobre um homem que foi
chamado por Deus para realizar um trabalho especial,
mas ele achava que não era capaz de cumprir a tarefa.
Quando voltarem, quero que me respondam:
1.Qual era o nome do homem escolhido
por Deus?
2. O que ele deveria fazer?
3. Como Deus provou que ele era
a pessoa certa para a tarefa?
CONSOLIDAÇÃO 2
Divida a classe em times e promova
uma corrida de um lado ao outro da sala.
Estenda um cobertor no meio da sala, para
ser a eira. Marque o tempo de cada time—
neste caso, use apenas um cobertor; se forem
correr ao mesmo tempo, arranje um cobertor para cada grupo.Na primeira etapa, os alunos rolam sobre o cobertor
e correm até à marca de chegada. Na segunda, vão
pulando até o cobertor, engatinham debaixo dele (os
líderes seguram as pontas da coberta) e pulam até a
marca de chegada. Na terceira, engatinham até o
cobertor, pulam como coelhos embaixo dele e
engatinham até à marca de chegada.
CONCLUSÃO 2
Reveja as perguntas do Aquecimento. Lembre às
crianças que, embora Gideão estivesse inseguro de sua
capacidade, tinha plena confiança em Deus. Ele confiava
em Deus, mesmo que sua família não confiasse. Deus
o chamou para ajudar e libertar seu povo. Deus usou
um pouco de lã para ensinar Gideão a confiar nele,
durante essa tarefa tão especial. Gideão obedeceu a Deus

FONTE: HORA DE JOGAR

VITÓRIA PROMETIDA

Texto: Leia e estude Juízes 6.1-40.
Ensino: Deus exige obediência de seus seguidores
AQUECIMENTO 1
Líder 1 começa a falar sobre o tema da lição—Deus
exige obediência. Líder 2 interrompe e diz que seria
melhor estudarem outra coisa, como o amor de Deus,
por exemplo, e imediatamente se põe a discorrer sobre
o tema. Líder 2 é interrompido por outro líder, que propõe
um terceiro assunto e começa a falar sobre ele. Outros
líderes podem interromper e apresentar temas de sua
preferência. (Se houver apenas dois líderes na classe,
líder 1 muda de idéia e apresenta um terceiro tema;
líder 2 interrompe e apresenta um quarto tema. Os
líderes começam a discutir. Líder 1 pede silêncio e
explica que é impossível seguir adiante com tantas
idéias diferentes. Ele tem a responsabilidade de tomar
uma decisão).
Na história bíblica de hoje, os israelitas estavam
ouvindo pessoas que não concordavam entre si. Eles
davam ouvidos tanto a outros deuses como ao Deus
verdadeiro. Portanto, Deus os castigou. Quando
voltarem, quero que me respondam:
1. Quem Deus escolheu para libertar seu povo?
2. O que Deus mandou que ele fizesse de noite?
3. Como Deus mostrou que ele era a pessoa certa
para o trabalho?
CONSOLIDAÇÃO 1
O objetivo é mostrar aos alunos o que aconteceu aos
israelitas, quando desobedeceram a Deus. Determine
uma área de segurança na sala. Alguns líderes devem
ficar de costas para a área de segurança e em posição
de ataque (veja diagrama). As crianças serão os israelitas
e obedecerão às ordens do líder, como “plantem as
sementes”, “cavem o chão”, “arem a terra”, “descansem
um pouco” e assim por diante. Quando o líder gritar
“Midianitas!”, as crianças tentarão chegar à Área de
Segurança, passando por baixo das pernas dos líderes,
que tentarão impedi-las. Seria bom não ter mais de dois
pegadores por vez, e devem ficar restritos à Área de
Perigo (veja diagrama). Quando o líder gritar “Israelitas!”,
a classe volta a obedecer às ordens.
CONCLUSÃO 1
Converse com os alunos sobre o Aquecimento e
como foi difícil seguir tantas vozes diferentes. Reveja
as perguntas do Aquecimento. Deus espera que seu
povo obedeça ao que ele mandar, como fizeram os
israelitas durante a brincadeira acima.


FONTE:É HORA DE JOGAR

Dinâmica-reclamar para quê?

Objetivos:entender que somos perfeitos e ainda reclamamos da vida
Material:folhas de papel ofício, som, música animada
Procedimento:forma-se um grupo em circulos, entrega-se uma folha de papel e peça que cortem a folha em 8 pedaços e segure-os com o próprio corpo (nas juntas, pescoço..) e avise que eles não poderão colocar na roupa nem deixar cair. Em seguida coloque uma música bem agitada e peça que eles dancem e o animador vai ordenando: abrace o amigo, dê um tchau, pule de um pé só...nesta hora eles vão reclamar que é muito difícil...

Moral:que nós perfeitos reclamos da vida e não conseguimos fazer nada com obstáculos no corpo, agora pense nas pessoas que não têm mãos, pés, braços e são grandes vencedores.
Josianny Antuness - Fortaleza

Dinâmica: "Pulo Gigante (cooperativo)"

Dois jogadores têm de trazer duas cadeiras até uma linha de meta, que dista vários metros do ponto de partida, sem que coloquem nem as mãos nem os pés no chão. Uma hipótese de resolver a situação é saltitar ruidosamente cada um deles em sua cadeira. Outra, é encontrarem uma estratégia cooperativa, deslocando-se sobre as cadeiras (avançam uma cadeira, passam os dois para cima desta, etc). O jogo pode ser repetido aumentando o número de jogadores e de cadeiras.

Autor desconhecido

Dinâmica: "Auxílio mútuo"

Objetivo: Para reflexão da importância do próximo em nossa vida
Material: Pirulito para cada participante.
Procedimento:
   Todos em círculo, de pé. É dado um pirulito para cada participante, e os seguintes comandos: todos devem segurar o pirulito com a mão direita, com o braço estendido. Não pode ser dobrado, apenas levado para a direita ou esquerda, mas sem dobrá-lo. A mão esquerda fica livre. Primeiro solicita-se que desembrulhem o pirulito, já na posição correta (braço estendido, segurando o pirulito e de pé, em círculo). Para isso, pode-se utilizar a mão esquerda. O mediador da dinâmica, recolhe os papéis e em seguida, dá a seguinte orientação: sem sair do lugar em que estão, todos devem chupar o pirulito! Aguardar até que alguém tenha a iniciativa de imaginar como executar esta tarefa, que só há uma: oferecer o pirulito para a pessoa ao lado!!! Assim, automaticamente, os demais irão oferecer e todos poderão chupar o pirulito. Encerra-se a dinâmica, cada um pode sentar e continuar chupando, se quiser, o pirulito que lhe foi oferecido. Abre-se a discussão que tem como fundamento maior dar abertura sobre a reflexão de quanto precisamos do outro para chegar a algum objetivo e de é ajudando ao aoutro que seremos ajudados.

Contribuição enviada pela usuária: Marta Cristina Nonato Marques- Governador valadares - MG

Dinâmica da"Verdade ou Consequência? "

Em círculo os participantes devem estar de posse de uma garrafa que deve ficar ao centro. Ao sinal do Coordenador, alguém gira a garrafa e para quem o bico da garrafa apontar é perguntado: _Verdade ou Consequência? Caso ele escolha verdade, a pessoa onde o fundo da garrafa apontou deve perguntar algo e ele obrigatoriamente deve responder a verdade. Se ele responder consequência deve pagar uma prenda (executar uma tarefa) estipulada pela pessoa que o fundo da garrafa apontou. A que respondeu gira a garrafa.
Autor: Desconhecido

Dinâmica do Nome

Esta dinâmica propõe um "quebra gelo" entre os participantes. Ela pode ser proposta no primeiro dia em que um grupo se encontra. É ótima para gravação dos nomes de cada um.
Em círculo, assentados ou de pé, os participantes vão um a um ao centro da roda (ou no próprio lugar) falam seu nome completo, juntamente com um gesto qualquer . Em seguida todos devem dizer o nome da pessoa e repetir o gesto feito por ela.

Variação: Essa dinãmica pode ser feita apenas com o primeiro nome e o gesto da pesso, sendo que todos devem repetir em somatória, ou seja, o primeiro diz seu nome, com seu gesto e o segundo diz o nome do anterior e gesto dele e seu nome e seu gesto... e assim por diante. Geralmente feito com grupos pequenos, para facilitar a memorização. Mas poderá ser estipulado um número máximo acumulativo, por exemplo após o 8º deve começar um outro ciclo de 1-8 pessoas.
Autor: Desconhecido

Dinâmica do Desafio

Material: Caixa de bombom enrolada para presente
Procedimento: colocar uma música animada para tocar e vai passando no círculo uma caixa(no tamanho de uma caixa de sapato, explica-se para os participas antes que é apenas uma brincadeira e que dentro da caixa tem uma ordem a ser feita por quem ficar ccom ela quando a música parar. A pessoa que vai dar o comando deve estar de costas para não ver quem está a caixa ao parar a música, daí o coordenador faz um pequeno suspense, com perguntas do tipo: tá preparado? você vai ter que pagar o mico viu, seja lá qual for a ordem você vai ter que obedecer, quer abrir? ou vamos continuar? Inicia a música novamente e passa novamente a caixa se aquele topar em não abrir, podendo-se fazer isso por algumas vezes e pela última vez avisa que agora é para valer quem pegar agora vai ter que abrir, Ok? Esta é a última vez, e quando o felizardo o fizer terá a feliz surpresa e encontrará um chocolate sonho de valsa com a ordem 'coma o chcolate'.
Objetivos:essa dinâmica serve para nós percebermos o quanto temos medo de desafios, pois observamos como as pessoas têm pressa de passar a caixa para o outro, mas que devemos ter coragem e enfrentar os desafios da vida, pois por mais dificil que seja o desafio, no final podemos ter uma feliz surpresa/vitória.
Elizabete/Fortaleza - CE